36.3 C
Rio Branco
14 outubro 2021 3:31 pm

Setor moveleiro realiza amostra e inicia construção de planejamento estratégico

Encontro é realizado pelo projeto Protagonismo Empresarial do Sebrae, em parceria com FIEAC e Sindmóveis

POR ASCOM

Última atualização em 14/10/2021 15:31

Promovido pelo projeto Protagonismo Empresarial do Sebrae, em parceria com a FIEAC e Sindicato das Indústrias de Móveis (Sindmóveis), teve início na manhã desta quinta-feira, 14 de outubro, o Encontro dos Núcleos de Indústrias do Setor Moveleiro do Estado do Acre. O evento reúne representantes de polos moveleiros de Cruzeiro do Sul, Feijó, Sena Madureira, Epitaciolândia, Brasileia, Xapuri e Rio Branco.

O encontro, que segue até esta sexta-feira, 15, foi aberto com uma amostra do mobiliário produzido por indústrias locais, na sede da FIEAC. A programação inclui apresentações de projetos, dinâmicas, oficinas, visita ao Instituto SENAI de Tecnologia Madeira e Móveis e também o início da construção do planejamento estratégico para o setor.

Autoridades como o governador do Acre, Gladson Cameli, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, o presidente da Assembleia Legislativa (Aleac), Nicolau Júnior, secretários do Município e do Estado, além de lideranças empresariais, estiveram na abertura do evento. “Reunir todas as movelarias e mostrar a nossa qualidade é de suma importância. Precisamos trabalhar em parceria com os órgãos públicos para estarmos 100% legalizados, pois assim todos ganham”, frisou Augusto Nepomucena, presidente do Sindmóveis.

O superintendente do Sebrae, Marcos Lameira, diz que é a instituição tem trabalhado para melhorar o ambiente de negócios no Acre. “E o projeto Protagonismo Empresarial, desenvolvido pelo Sebrae em parceria com FIEAC, Federação da Agricultura e Pecuária e Federação das Associações Comerciais, tem buscado melhorar as tecnologias e proporcionar mais possibilidades de crescimento para as micro e pequenas empresas”, acentuou.

Já o presidente da FIEAC e do Conselho Deliberativo do Sebrae, José Adriano, exalta o aperfeiçoamento que o setor moveleiro tem feito junto ao Instituto SENAI de Tecnologia Madeira e Móveis para melhoria de seus produtos. “Podemos dizer, com toda segurança, que temos no Acre um dos melhores móveis fabricados na região. E isso é uma grande oportunidade para prefeituras e governo do Acre aproveitarem e garantir que a circulação dos investimentos seja internalizada, o que reflete em mais empregos e renda dentro do estado”, ressaltou.

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, revelou que já atuou no ramo moveleiro, disse que tem um grande carinho pelos profissionais que exercem a atividade e garantiu apoio ao setor. “A marcenaria gera muito trabalho, emprego e deixa o dinheiro aqui na região. Por isso é essencial que possamos fomentar essas pequenas e médias indústrias. Iremos definir uma lei específica, a exemplo do que o governo do estado já faz, para trabalharmos diretamente com os empreendimentos locais”, garantiu o gestor.

O governador do Acre, Gladson Cameli, diz que as secretarias do Estado têm trabalhado para regularizar as empresas do setor moveleiro e que a ideia é priorizar a compra do que é produzido pelas indústrias locais. “Quero que o setor moveleiro multiplique sua geração de emprego, pois esse é nosso maior desafio”, salientou.

Protagonismo Empresarial e regularização dos polos moveleiros

O projeto Protagonismo Empresarial tem como principal objetivo despertar e capacitar o empresário para agir, interferir e mudar a realidade do seu ambiente de negócios. No setor industrial, vem atuando juntamente com o Sindmóveis com a formação de núcleos empresariais nos polos moveleiros de Brasileia, Epitaciolândia, Xapuri, Sena Madureira, Feijó e Cruzeiro do Sul.

O projeto vem colaborando com a atuação do governo do estado, por meio da SEICT e IMAC, numa força tarefa que tem o objetivo de regularizar juridicamente e ambientalmente estas empresas sediadas no interior.

“Essa é uma demanda antiga dos moveleiros, que foram colocados dentro dos polos, mas sem o termo de concessão de uso. É determinação do governador, Gladson Cameli, e temos feito esse esforço, juntamente com Sebrae, FIEAC, IMAC e Sindmóveis, para auxiliar esses empresários a saírem da informalidade. Depois, queremos ampliar o programa de Compras Governamentais para fortalecer esse segmento”, destacou Anderson Abreu, secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia.

André Hassem, diretor-presidente do Imac, confirma que desde o início deste ano há uma força-tarefa para regularizar todos os polos moveleiros do estado. “Iniciamos por Brasileia e finalizamos em Cruzeiro do Sul e conseguimos licenciar os polos. Agora todos estão trabalhando dentro da lei e obedecendo o Código Florestal. É uma resposta célere, objetiva e que beneficia tanto o estado como os moveleiros em geral”, concluiu.

Fotos: Assessoria

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!