23.9 C
Rio Branco
24 novembro 2021 9:43 pm

“A natureza não é comunista”, diz ex-ministra do Meio Ambiente em conversa com Jorge Viana na COP26

A Conferência, que ocorreu entre os dias 31 de outubro e 12 de novembro, tinha por objetivo traçar metas para avançar a uma economia neutra de carbono, além da aprovação de um pacote de medidas que vise o cumprimento do Acordo de Paris.

POR RENATO MENEZES, PARA CONTILNET

Última atualização em 13/11/2021 14:09

O ex-senador do Acre Jorge Viana, que se fez presente na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2021 (COP26), conversou com a ex-ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira a respeito de quais são as responsabilidades que o Brasil deve adotar, no pós-COP26, para que a agenda da Organização das Nações Unidas (ONU) seja cumprida nos próximos dez anos.

Segundo ela, não há como terceirizar a responsabilidade das mudanças climáticas e da Agenda da ONU para pessoas que “são negacionistas climáticos”. “Tem uma frase que Dowbor fala que a ‘vontade política é uma nova energia renovável’, então não adianta alterar o passado, mas sim em ver como chegar no futuro e como trazer o futuro para o presente”, complementou.

“Tem que parar de achar também que tudo se resolve com governo. O exemplo maior que nós temos aqui é a declaração do ministro do Meio Ambiente que disse que ‘onde tem floresta, tem gente pobre’, ele não tem noção do retrocesso da fala dele, algo que o mundo resolveu há 50 anos”, disse.

A ex-ministra destacou também que a agenda em discussão em Glasgow, na Escócia, não é de cunho político-ideológico.

“A natureza não é comunista. Essa mediocridade está presente no governo brasileiro, isso não representa o Brasil. Essa sociedade que pulsa, que grita, que vem aqui dizendo ‘nós somos nosso país’, esses sim estão exercendo a soberania brasileira”, pontuou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.