30.3 C
Rio Branco
24 novembro 2021 2:17 pm

Aprenda a reconhecer 7 alterações nos olhos que podem indicar doenças

POR METRÓPOLES

Última atualização em 23/11/2021 13:20

Em muitos casos as alterações nos olhos não são um sinal de problema grave, sendo mais frequentes devido ao cansaço ou a uma irritação, provocada pelo ar seco ou poeira, por exemplo. No geral, essas alterações duram cerca de um a dois dias e desaparecem sozinhas, não havendo necessidade de tratamento.

No entanto, mudanças que duram mais de uma semana ou provocam um desconforto maior podem indicar a presença de algum problema de saúde sistêmico como, por exemplo, infecções, problemas no fígado e outras doenças.

Nestes casos, é aconselhado consultar um oftalmologista para identificar se existe alguma doença que precise ser tratada. Confira a seguir sete sintomas que podem aparecer nos seus olhos.

Olhos vermelhos

Na maioria dos casos, os olhos vermelhos são provocados por irritações devido à qualidade do ar, poeira, uso de lentes de contato e até pequenos traumas provocados pela unha, por exemplo.

Este tipo de alteração pode dar a sensação de queimação e, por vezes, é acompanhada de uma pequena mancha vermelha no branco do olho, que desaparece sozinha em alguns minutos ou horas, não necessitando de tratamento específico.

Entretanto, quando surgem outros sinais como coceira intensa, excesso de lacrimejamento ou sensibilidade à luz, o olho vermelho pode também ser sinal de alergia, inflamação ou infecção, sendo aconselhado consultar um oftalmologista para iniciar o tratamento adequado.

Olhos tremendo

O olho tremendo normalmente é sinal de cansaço ou estresse, devido a uma descarga de adrenalina. Normalmente, o problema provoca um tremor leve que vai e volta e pode durar dois ou três dias.

Olhos amarelos

A presença de uma coloração amarelada nos olhos geralmente é sinal de icterícia, uma alteração que acontece devido ao acúmulo de bilirrubina no sangue, uma substância produzida pelo fígado. Quando isso acontece, é comum suspeitar de alguma doença ou inflamação no fígado, como hepatite, cirrose ou até câncer.

Este tipo de problema é mais recorrente em pessoas idosas ou em quem faz uma dieta pouco equilibrada e bebe álcool frequentemente, por exemplo. Assim, se os seus olhos estiverem amarelados, é recomendado ir a um hepatologista para fazer exames do fígado e identificar se há um problema específico.

Olhos salientes

Os olhos esbugalhados ou salientes geralmente são um sinal da Doença de Graves, que surge devido ao aumento do funcionamento da tireoide, também conhecida como hipertireoidismo.

Nestes casos, também são comuns outros sintomas como palpitações, suor excessivo, perda fácil de peso ou nervosismo constante, por exemplo. Assim, se surgir esta alteração nos olhos é aconselhado fazer um exame de sangue para avaliar a quantidade dos hormônios da tireoide.

Olhos com anel cinza

Algumas pessoas podem desenvolver um anel cinza em volta da córnea, no local onde a cor do olho se junta com o branco. Isso pode acontecer devido ao acúmulo de triglicerídeos ou colesterol no sangue, que indica um aumento no risco de problemas cardiovasculares como infarto ou AVC.

Pessoas com esta alteração devem ir no clínico geral e solicitar um exame de sangue para avaliar os níveis de colesterol, especialmente se tiverem menos de 60 anos. Normalmente, o colesterol alto pode ser tratado com alterações na dieta e remédios receitados por um especialista.

Olho com nuvem branca

A presença de uma “nuvem” branca no olho ou na visão é mais comum em idosos devido ao surgimento de catarata, doença em que o cristalino do olho envelhece e fica opaco, atrapalhando a visão. No entanto, quando surge em jovens, pode indicar outras doenças como diabetes ou tumores.

O ideal é sempre consultar um oftalmologista para confirmar a causa e iniciar o tratamento mais adequado. Se a nuvem na visão realmente for catarata e estiver atrapalhando as atividades cotidianas, o tratamento recomendado é a cirurgia para remover a cristalino e implantar uma lente artificial.

Pálpebras caídas

Quando as pálpebras estão caídas em ambos os olhos, isso pode indicar a presença de miastenia gravis, uma doença autoimune que provoca a fraqueza progressiva dos músculos, especialmente em mulheres entre os 20 e 40 anos. Normalmente, a fraqueza aparece nos músculos menores como as pálpebras, mas pode afetar a cabeça, os braços e as pernas.

Pessoas com esta doença também podem apresentar outros sintomas como cabeça pendida, dificuldade para subir escadas ou fraqueza nos braços. Embora não tenha cura, o tratamento ajuda a melhorar a qualidade de vida. (Com informações do portal Tua Saúde)

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!