25.3 C
Rio Branco
3 dezembro 2021 12:01 am

“Aqui não tem luto”, disse Flordelis a filho após morte do marido

Wagner Andrade Pimenta, o Misael, foi ouvido sem a presença dos irmãos Flávio e Lucas, que estão sendo julgados nesta terça-feira (23/11)

POR METRÓPOLES

Última atualização em 23/11/2021 17:12

Um dos filhos adotivos de Flordelis dos Santos Souza quebrou o silêncio sobre a morte do pastor Anderson do Carmo, Wagner Andrade Pimenta, o Misael, voltou a atacar a mãe em depoimento no julgamento dos irmãos sobre o crime no 3º Tribunal do Júri de Niterói, nesta terça-feira (23/11).

Para ser ouvido, Misael pediu para que os réus, Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos Souza, acusados de executar o plano de morte do padrasto, deixassem o plenário.

“Dias após o crime, a minha mãe me cobrou apoio, e eu disse para ela ter calma, que estava de luto ainda. Ela disse para eu deixar o luto, vida para frente, e ‘aqui não tem luto não’”, revelou Misael.

Misael contou que ouviu confissão de Flávio sobre ter atirado em Anderson, mas que estaria arrependido. Lucas é acusado de ter comprado a arma usada no crime. Em um relato de 50 minutos, Misael disse que a irmã Simone e sobrinha Rayane citaram abusos do pastor com as crianças da família.

De acordo com Misael, o pastor não denunciou à polícia a descoberta de planos para matá-lo para proteger a família e Flordelis. “Ele (pastor) tratava ela (Flordelis) muito bem como esposa e com respeito por tudo que conquistaram”, pontou ele, que admitiu que as adoções eram para conseguir recursos.

O julgamento de Flávio e Lucas começou por volta das 14h20. Quatro testemunhas já foram ouvidas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!