22.5 C
Rio Branco
26 novembro 2021 5:27 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Bebê de 8 meses morre atropelado após irmão soltar freio de carro estacionado

Acidente aconteceu na casa da família, no bairro Porto Cristo, em Porto Velho. Médico de UPA diz que bebê chegou com fraturas na cabeça.

POR G1

Um bebê de nove meses morreu atropelado após o irmão dele, um menino de 8 anos, soltar o freio de mão de carro que estava estacionado na garagem da casa de familiares na rua Comunitária, bairro Porto Cristo, em Porto Velho. O acidente aconteceu na tarde de segunda-feira (15).

O acidente com vítima foi repassado à Polícia Militar (PM) pela equipe médica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona leste.

Quando a guarnição policial chegou na unidade de saúde, o médico que realizou o atendimento disse que o bebê havia sofrido um provável politrauma na cabeça e ferimentos pelo corpo. Ele disse ainda que foi feito todo o possível no atendimento, porém a criança não resistiu.

Os familiares da criança, que estavam na UPA, não souberam dar detalhes sobre o que havia ocorrido.

As primeiras informação sobre o ocorrido foram repassadas aos policiais pelo pai da criança. Ele contou que o bebê brincava na frente da casa, onde haviam outras crianças, e em certo momento ouviu um grito de socorro. Ao ir verificar, o pai se deparou com o bebê já inconsciente e com a lesão na cabeça.

O pai contou que as crianças estavam brincando com seu filho naquele momento, e elas disseram que o irmão do bebê havia puxado o freio de mão do carro e o veículo desceu.

Com o movimento do automóvel, todas as crianças se assustaram e o bebê, que estava no colo de uma menina de 12 anos, caiu e o pneu do carro passou por cima dele.

Após o relato do pai, a PM se deslocou até a casa da menina de 12 anos, na rua Comunitária, no bairro porto Cristo.

Na casa, e com a presença da tia da menina, a menina descreveu como o acidente aconteceu e confirmou que quem soltou o freio de mão do carro foi o irmão do bebê, uma criança de oito anos.

Diante das informações, a perícia técnica e a equipe do Instituto Médico Legal da capital foram acionadas.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.