23.1 C
Rio Branco
18 maio 2022 6:09 pm

Brasileiro aplica nocaute inédito no ‘Contender’, mas não leva contrato do UFC; veja

O décimo e último episódio da temporada 2021 do ‘Contender Series’, realizado na terça-feira (2), terminou sem que mais um atleta brasileiro fosse contratado e adicionado ao plantel de lutadores do UFC

POR AG FIGHT

Última atualização em 04/11/2021 10:58

O décimo e último episódio da temporada 2021 do ‘Contender Series’, realizado na terça-feira (2), terminou sem que mais um atleta brasileiro fosse contratado e adicionado ao plantel de lutadores do UFC. Apesar dos dois representantes tupiniquins terem saído vitoriosos de seus confrontos, Dana White – presidente da liga e responsável por comandar o reality show que busca novos talentos para o Ultimate – optou por uma abordagem mais comedida em relação ao que se viu na atual edição do programa na hora de distribuir os contratos.

Com isso, mesmo após boas apresentações, o peso-pena (66 kg) Jonas Bilharinho e o peso-mosca (57 kg) Erisson Silva – que superaram, respectivamente, Canaan Kawaihae e Qiu Lun – viram o sonho de integrar o plantel de atletas do UFC ser frustrado, ao menos neste momento. Os dois contratados pelo dirigente após o encerramento do último episódio da temporada do ‘Contender Series’ foram o meio-médio (77 kg) Yohan Lainesse, protagonista de um nocaute brutal sobre Justin Burlinson, e o peso-leve (70 kg) chinês Maheshate, que superou Achilles Estremadura por pontos.

A não seleção de Bilharinho, especialmente, foi, até certo ponto, surpreendente, tendo em vista a forma como o brasileiro encerrou seu combate contra Kawaihae. De volta à ação após um hiato de dois anos, o atleta da ‘Team Nogueira’ acertou um belíssimo chute rodado no queixo do adversário, levando-o à lona próximo do final da peleja, obrigando o árbitro Herb Dean a encerrar a luta (veja abaixo ou clique aqui).

O peso-pena entrou para a história do programa como o primeiro atleta a conseguir uma vitória por nocaute utilizando-se do chute rodado, mas, mesmo assim, não conseguiu convencer Dana White a lhe entregar um dos contratos para fazer parte do UFC. Já o paraibano Erisson Silva travou uma intensa batalha contra o chinês Qiu Lun e conseguiu ampliar sua sequência de vitórias na carreira, mas também deixou o programa sem garantir sua entrada no principal evento de MMA do mundo.

Apesar da frustração do último episódio, a temporada 2021 do ‘Contender Series’ chega ao final com um saldo positivo para o esquadrão brasileiro. Nos dez eventos promovidos neste ano, Dana White selecionou 39 novos lutadores para integrar o plantel do Ultimate, seis deles nascidos no Brasil: Joanderson ‘Tubarão’, Saimon Oliveira, Jailton ‘Malhadinho’, Kleydson Rodrigues, Caio Borralho e Karine Silva.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.907 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.