24.3 C
Rio Branco
27 novembro 2021 7:25 pm

Bulls “sobram” no quarto período e derrotam Nets no United Center

Estrelas fazem grande partida e Chicago Bulls consegue excelente vitória jogando em casa contra o poderoso Brooklyn Nets

POR THE PLAYOFFS

Última atualização em 09/11/2021 08:42

O Chicago Bulls não tomou conhecimento do “estrelado” Brooklyn Nets e venceu por 118 a 95, partida disputada nesta segunda-feira (8) no United Center em Chicago. Em jogo com bastante equilíbrio nos primeiros três quartos, os Bulls sobraram no período final e contaram com boa atuação dos seus principais jogadores para despachar o favorito time de Nova Iorque.

O cestinha pelo lado de Chicago foi Demar DeRozan. Se provando cada vez mais ter sido uma excelente aquisição por parte dos Bulls, DeRozan chamou a responsabilidade e terminou a partida com 28 pontos, 4 rebotes e 3 assistências.

Mantendo a regularidade, Zach LaVine também foi muito importante para os donos da casa, contribuindo com 24 pontos, 5 rebotes e 5 assistências, além de lindas cestas. Outro nome essencial para a vitória foi o do montenegrino Nikola Vucevic, que se recuperou de jogos abaixo de seu padrão e anotou 11 pontos, com 13 rebotes, 5 assistências e 3 tocos.

Além do trio, há de se destacar as boas atuações do calouro Ayo Dosunmu, com 15 pontos vindo do banco e dos titulares Javonte Green e Lonzo Ball, que anotaram 11 pontos, mostrando que o conjunto dos Bulls é bem forte e pode dar trabalho na atual temporada.

Os Nets lutaram de igual para igual contra os Bulls até a última parcial e passaram a impressão de que “faltou pernas” após terem vencido o Toronto Raptors no Canadá, em jogo que aconteceu no domingo (7).  Mesmo assim, Kevin Durant teve outro jogo em altíssimo nível, anotando double-double com 38 pontos e 10 rebotes. KD distribuiu ainda 4 assistências.

James Harden e Lamarcus Aldridge foram outros bons nomes de Brooklyn, com o “Barba” fechando o jogo com 14 pontos, 8 rebotes e 5 assistências e Aldridge marando 19 pontos, com 7 rebotes.

Agora na 3ª posição da Conferência Leste com campanha de 7-3, os Bulls recebem o Dallas Mavericks na quarta-feira (11). Os Nets aparecem na 6ª posição do Leste com campanha de 7-4 e seguem na estada, onde encaram o Orlando Magic, também na quarta-feira.

O JOGO

O duelo começou com bola de três de Javonte Green para Chicago, que foi prontamente respondida da mesma forma por Kevin Durant. Em princípio lá e cá, as equipes trocavam pontos e Zach LaVine logo protagonizou linda enterrada após excelente passe de Lonzo Ball.

Imprimindo ritmo mais forte nos minutos iniciais, Chicago chegou a abrir 16 a 8 sobre o forte rival, mas bolas de três de Joe Harris e James Harden fizeram a vantagem rapidamente despencar para apenas dois pontos: 16 a 14, até Kevin Durant empatar em 16 iguais.

Os donos da casa não se abateram e seguiram superiores, graças a grande primeiro quarto de LaVine que anotou 12 pontos. 35 a 27 na primeira parcial.

O segundo período teve início com ótimo toco de James Harden e dois pontos de DeRozan em infiltração, logo depois. Lamarcus Aldridge respondeu.

Os dois times passaram a errar muito, principalmente Chicago e com isso Brooklyn foi encostando. Após lindo passe de Harden para Patty Mills matar cesta tripla, a vantagem apontava apenas um ponto com 37 a 36 para os donos da casa.

Nikola Vucevic fazia mais um jogo abaixo de seus padrões, e ao tomar dois tocos seguidos dos adversários, Aldridge apareceu novamente para virar a partida em favor dos Nets, superiores naquele momento.

Para complicar ainda mais a vida dos Bulls, Joe Harris apareceu praticamente sozinho duas vezes do perímetro e não desperdiçou. 55 a 47 Nets.

No fim, Durant ainda matou linda bola para dar números finais ao primeiro tempo com sua equipe com seis pontos na frente do placar: 57 a 51.

DeRozan anotou os primeiros pontos do terceiro quarto e Blake Griffin, sumido, fez os dois primeiros para seu time. Chicago voltou mais forte do intervalo e foi cortando a vantagem até virar o jogo, com Javonte Green enterrando após roubar a bola de Durant.

Em um lá e cá no placar, as equipes se alternavam na frente do marcador e Kevin Durant e Zach LaVine travam bonito duelo particular para carregarem suas equipes. Ao fim do período, vantagem de dois pontos para os Nets com 78 a 76.

O quarto período fugiu totalmente do panorama das demais parciais do jogo. Os Bulls simplesmente sobraram com suas estrelas brilhando demais e caminharam para vitória até que tranquila. Aldridge converteu dois lances livres inaugurais para os Nets, mas depois de uma corrida de 13 a 0 com Alex Caruso e DeRozan onfire, Chicago já abriu boa vantagem.

Durant logo voltou à quadra e quebrou a sequencia do adversário em bola de meia distância, mas no lance seguinte Caruso converteu bola tripla para os donos da casa e abriu a porteira para um fundamento que até então não estava funcionando na partida.

Depois disso, Vucevic converteu sua bola tripla, Lonzo Ball e DeRozan mataram outras e os Bulls conseguiram 6/7 do perímetro no quarto, arrasando os Nets.

LaVine, Vucevic e DeRozan tiveram quarto magistral e Chicago logo se deu ao luxo de poupar seus titulares para fechar o jogo em 118 a 95. Ótima atuação dos Bulls no United Center.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.