30.3 C
Rio Branco
24 novembro 2021 3:54 pm

Concurso CGU: órgão revela o que falta para sair o edital

Assessoria de Imprensa revela o que falta para sair o edital do concurso CGU, além de negar que trabalha com prazo de 1º de dezembro. Veja!

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 16/11/2021 08:42

Edital do concurso CGU em 1º de dezembro? Contrato com a banca já foi assinado? O que falta para sair o edital? Se eram essas as perguntas que você tinha sobre a seleção da Controladoria Geral da União (CGU), a Folha Dirigida foi atrás de respostas para acabar com as suas dúvidas.

Primeiramente, você precisa ficar sabendo que ainda não há uma data definida para quando será publicado o edital. Além disso, o órgão não trabalha com nenhum prazo oficialmente.

A única informação que se tem até o momento é do ministro Wagner Rosário, representante da Controladoria-Geral da União. Ele já disse que trabalha como prazo de divulgar o edital até o fim de novembro e, recentemente, disse que o documento sairá o mais rápido possível.

Veja a seguir o que falta para sair o edital do concurso CGU!

Edital da CGU em 1º de dezembro, é verdade?

No final da última semana começou a circular em portais de comunicação e entre grupos de estudo o prazo de 1º de dezembro para a publicação do edital da CGU. Esta data tem base no resultado da licitação no portal de compras.

Na aba “Recrutamento e seleção de pessoal – concurso público vestibular” consta este prazo.

Mas, de acordo com a Assessoria de Imprensa da CGU, esta previsão não pode servir como base para a publicação do edital. Veja a resposta encaminhada à reportagem da Folha Dirigida:

“A data que consta no Portal de Compras refere-se ao planejamento de contratações e não serve para especulações quanto ao lançamento do edital”, disse a CGU.

Contrato com a banca já foi assinado?

Recentemente, a Controladoria-Geral da União deu um passo importante rumo ao edital, que foi definir a banca organizadora. No dia 5 de novembro, a dispensa oficializando a Fundação Getulio Vargas foi divulgada.

Mas, já passaram-se mais de dez dias e os candidatos querem saber, a banca já foi contratada? O contrato já foi assinado?

A resposta é: ainda não! 

Em resposta, a CGU informou que o processo está em andamento. A expectativa é que ele seja concluído em breve.

O que falta para sair o edital do concurso CGU?

O principal detalhe para a CGU agora é homologar a escolha da banca e realizar a contratação, mais efetivamente a assinatura do contrato. Feito isso, com o extrato da assinatura publicado no Diário Oficial, a publicação ficará iminente.

Restará apenas detalhes finais, como a definição do cronograma entre a CGU e a FGV.

Em resposta, a Assessoria de Imprensa revelou:

“… como o processo de contratação da banca que organizará o concurso ainda está em curso, o edital só será publicado após a celebração do contrato.”

O órgão não estipulou prazos e, por isso, é possível que o edital saia até o dia 30 de novembro, como bem informou o ministro Wagner Rosário. Além disso, o documento pode atrasar e sair após 1º de dezembro.

Concurso CGU terá 375 vagas

Autorizado em 27 de julho, o concurso CGU recebeu aval para preencher 375 vagas. Dessas, são 300 para a carreira de auditor e 75 para técnico de nível médio.

De acordo com o projeto básico, a seleção contará com chances para ampla concorrência, mas também reserva para negros e pessoas com deficiência (PcDs).

Além disso, também já se sabe os salários atualizados. Para o cargo de auditor, os ganhos são de R$19.197,06, enquanto o técnico recebe um vencimento inicial de R$7.283,31.

Ambos recebem auxílio-alimentação de R$458, referente aos servidores federais. Dessa forma, a remuneração totaliza:

  • Técnico: R$7.741,31
  • Auditor: R$19.655,06

Concurso CGU: provas serão nas 5 regiões do Brasil

Outro ponto importante que já foi confirmado são as cidades que vão receber as provas. Inicialmente, apenas as capitais com oferta de vagas seriam contempladas, mas, em seguida, o ministro indicou que avaliaria provas em todas as capitais.

Isso, no entanto, não foi possível. Mas, para poder contemplar mais candidatos e beneficiar as cinco regiões do país, ele escolheu uma capital das regiões Nordeste, Sudeste e Sul para receber provas, sendo:

  • Região Sudeste: São Paulo (SP)
  • Região Nordeste: Recife (PE)
  • Região Sul: Porto Alegre (RS)

As demais cidades contempladas serão aquelas com oferta de vagas. No Centro-Oeste, as provas serão aplicadas em Brasília, já que muitas chances serão para o Distrito Federal. Já no Norte, há oportunidades em vários estados.

Veja a distribuição completa das vagas:

Cargo: Auditor Federal de Finanças e Controle
Tipo de Prova* Região ou Órgão Central Estado/DF Número de vagas
I 1- Região Norte Ampla Concorrência Reservada aos candidatos negros Reservada a portadores de deficiência  Total por região ou órgão central
Acre 5 1 (2) 46
Amazonas 6 1
Amapá 5 1
Pará 8 2
Rondônia 4 1
Roraima 5 1
Tocantins 5 1
2- Órgão Central Distrito Federal 64 16 (4) 80
II Órgão Central Distrito Federal 64 16 (4) 80
III Órgão Central Distrito Federal 32 8 (2) 40
IV Órgão Central Distrito Federal 42 12 (3) 54
Total 240 60 (15) 300

*De acordo com a ênfase nas seguinte áreas do conhecimento, combinadas ou não: Auditoria, Fiscalização, Tecnologia da Informação, Finanças, Contabilidade Pública e/ou Direito.

Cargo: Técnico Federal de Finanças e Controle
Região ou Órgão Centra Estado/DF Número de vagas
Ampla Concorrência Reservadas aos candidatos negros Reservadas a portadores de deficiência Total por Região ou Órgão Central
1- Região Norte Acre 2 0 (1) 24
Amazonas 3 1
Amapá 3 1
Pará 3 1
Rondônia 3 1
Roraima 2 1
Tocantins 2 1
2- Órgão Centra Distrito Federal 41 10 (3) 51
Total 59 16 (4) 75
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.