25.3 C
Rio Branco
2 dezembro 2021 10:48 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

De olho na Aleac, Jarude diz chegou a hora de “começar a sonhar com novos passos e novos desafios na política”

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Sem cor

No último fim de semana, o deputado estadual Jenilson Leite (PSB) foi até o Alto Acre, não para legislar, mas para realizar atendimentos médicos, já que Leite é médico de ofício. Uma das cidades que o médico deputado visitou foi Epitaciolândia, que é gerida pelo tucano Sérgio Lopes. Apesar da divergência ideológica, já que o prefeito delegado está na direita e o deputado no campo da esquerda, o convite partiu do próprio chefe do Executivo municipal. Quando o assunto é o bem do povo, não se pode olhar cores partidárias.

Sem cor 2

Outro político que não tem melindre quando o assunto é o bem das pessoas, é o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima (PP). O gestor da segunda maior cidade do Acre é frequentemente visto ao lado de políticos de esquerda, como a deputada Perpétua Almeida (PCdoB), que está bem longe do espectro ideológico do seu partido, que é base do governo Bolsonaro. Nem por isso, o prefeito se esquiva, pelo contrário, está sempre buscando os deputados e senadores por emendas e melhorias para Cruzeiro do Sul.

Número 1

Por falar em Zequinha, arrisco dizer, que após quase um ano de mandato, é dele o título de melhor prefeito do Acre. O gestor do município do interior tem feito um trabalho de destaque, sobretudo na gestão da pandemia do novo coronavírus. Primeira cidade a vacinar professores, e a avançar mais rapidamente as faixas etárias, a gestão de Zequinha ganhou elogios até de adversários políticos, como os deputados estaduais Daniel Zen (PT), Edvaldo Magalhães (PCdoB) e Jenilson Leite (PSB).

Ativismo judicial

Ontem, a deputada federal Mara Rocha (PL) discursou na Câmara Federal contra o que ela chamou de “ativismo judicial” do Supremo.  “O STF está agindo como um Poder Tirânico e Supremo, apesar de não ter recebido qualquer voto para isso. É um tribunal que interfere em todos os assuntos. Temos visto um parlamentar eleito ser preso e proibido de dar entrevistas ou de interagir em redes sociais por capricho de um Ministro, que é Juiz e parte no processo. Vemos interferências do STF em decisões legislativas, como foi o caso de Rondônia, em que sua Assembleia Legislativa aprovou projeto contra linguagem neutra que foi derrubado pelo STF. Os Ministros passaram por cima dos representantes eleitos pelo povo de Rondônia, e ninguém protesta contra isso”, disparou.

Em recuperação

A deputada federal Jéssica Sales (MDB), que passou por um cirurgia recente e precisou imobilizar uma perna, deu seus primeiros passos depois de 35 dias. Sales tem feito fisioterapia para acelerar a recuperação.

Vai pra disputa

Em uma postagem nas redes sociais, o vereador Emerson Jarude (MDB) deu a entender que vai mesmo disputar uma vaga na Aleac no ano que vem. Em um TBT, o vereador relembrou a eleição do ano passado, em que saiu vitorioso, e disse que já está na hora de “começar a sonhar com novos passos e novos desafios na política”. Corre um seríssimo risco de ser eleito.

Grandes chances

Outra parlamentar da Câmara Municipal de Rio Branco que tem grandes chances de se eleger no pleito vindouro é a vice-presidente do parlamento municipal, Michelle Melo (PDT). A vereadora pode abocanhar uma vaga em qualquer cargo proporcional que disputar.

Narcotráfico

Em Brasília, o governador Gladson Cameli (PP) participou hoje de uma reunião com o presidente do TRF-1, o desembargador Ítalo Fioravanti Mendes. Na pauta, o combate ao narcotráfico na fronteira e o fortalecimento do Judiciário no estado.

Casa Civil

A outra agenda que o governador cumpriu em Brasília nesta sexta (19) foi com o ministro da Casa Civil de Bolsonaro, Ciro Nogueira, presidente licenciado do Progressistas. O governador, que estava acompanhado do secretário de Governo, Alysson Besten, do representante do Acre em Brasília, Ricardo França, e da coordenadora da Casa Civil, Silvania Pinheiro, disse que foi tratar da “liberação de recursos de emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União destinadas ao Estado e apoio para a construção do Hospital Universitário”.

Tudo novo

Com emenda da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB), o Hospital Santa Juliana, de Rio Branco, conseguiu renovar e adquirir novos equipamentos para as salas de cirurgias e partos de mulheres. O valor destinado para o hospital foi de R$ 1 milhão.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.