27.3 C
Rio Branco
24 novembro 2021 7:23 pm

Ex-policial envolvido no caso Bruno e Eliza Samudio é preso

Justiça determinou que ex-policial, que cumpria prisão domiciliar, retorne ao regime semiaberto

POR ITATIAIA.COM

Última atualização em 24/11/2021 19:23

A Justiça determinou que Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como Bola, retorne à prisão em regime semiaberto. Devido à pandemia, ele cumpria prisão domiciliar. A revogação do regime foi determinada nessa terça-feira (22), e o mandado cumprido por militares do 36º batalhão nesta quarta-feira (23), em Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte.

Ex-policial, Bola foi condenado a 22 anos de prisão por envolvimento na morte da modelo Eliza Samudio, em 2010, ex-mulher do goleiro Bruno. Ele também foi sentenciado a 16 anos de prisão pelo assassinato do motorista Devanir Claudiano Alves, em 2009, no bairro Juliana, na região Norte de Belo Horizonte. Um comerciante foi apontado como mandante do crime.

À Itatiaia, o advogado de Bola, Fabiano Lopes, disse que o cliente trabalhava e cursava direito. Ele lamentou a revogação. “O Ministério Público, deveria ter discutido no Superior Tribunal de Justiça (STJ) “, afirmou. Na instância superior, tramitava uma ação que pedia o retorno ao regime semiaberto.

Conforme Fabiano Lopes, Bola cumpria prisão domiciliar após a recomendação 62, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), para evitar contaminações em massa da Covid-19 no sistema prisional e socioeducativo.

Com a volta ao regime semiaberto, Bola poderá permanecer com o trabalho e com os estudos, com retorno à unidade prisional à noite.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.