27.3 C
Rio Branco
24 novembro 2021 5:26 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Homem é assassinado após ser filmado beijando criança em barco

POR G1 MS

Homem, de 41 anos, foi morto a tiros, dentro da casa que vivia, na noite de terça-feira (23), após ser divulgado um vídeo em que ele beija uma criança de seis anos durante passeio de barco em Itaquiraí, a 340 quilômetros de Campo Grande (MS).

O delegado que investiga o caso, Eduardo Lucena, apontou que a ocorrência envolve dois crimes, sendo estupro de vulnerável e assassinato. De acordo com o registro do boletim de ocorrência, o crime aconteceu ainda na noite de terça-feira, quando o homem foi encontrado em sua casa morto com um tiro na nuca.

“Ontem por volta de 12h começou a circular um vídeo que um homem dando um beijo na boca de uma criança, o nosso serviço de investigação começou a analisar e foram identificadas as pessoas, demos início a investigação e acionamos o Conselho Tutelar”, disse o delegado.

Nas imagens divulgadas, o homem aparece em um barco com outras pessoas que gritam em comemoração, quando uma criança é beijada na boca por ele. O beijo foi comemorado com gritos pelas pessoas.

Após o beijo, o homem olha sorrindo para filmagem e dá outro beijo, desta vez na cabeça da criança, que está sem a parte de cima da roupa.

O vídeo foi gravado no domingo (21), pela mãe da criança, com quem o homem mantinha um relacionamento há pouco mais de quatro meses, durante um passeio de barco no Rio Paraná.

O assassinato

Com a repercussão do vídeo na cidade, Lucena explica que o homem chegou a ser levado para a delegacia de Itaquiraí na tarde de terça-feira (23), que abriu investigação contra ele por estupro de vulnerável. Contudo, como não houve flagrante, o homem foi liberado para retornar para casa enquanto a apreciação do pedido de prisão não havia sido autorizada.

“Conseguimos o endereço do homem e fomos atrás dos envolvidos, ele convivia com a vítima há pouco mais de quatro meses, eu interroguei ele, que admitiu o beijo, mas alegou que não abusou da criança. Como não houve flagrante, ele foi interrogado e liberado para retornar para casa, mais tarde fomos informados que ele havia sido assassinado”, disse.

O assassinato aconteceu por volta das 20h, no Bairro Jardim Primavera, apenas a mãe da vítima que é companheira do homem estava na casa.

A morte do homem está sendo investigada como homicídio pela Polícia Civil de Itaquiraí . O autor dos disparos ainda não foi identificado e as crianças seguem sob a tutela do Conselho, conforme a polícia.

Após a morte, populares se revoltaram com o ocorrido e quiseram invadir a residência, duas pessoas foram notificadas.

Veja o vídeo no G1, clicando AQUI.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.