19.3 C
Rio Branco
17 maio 2022 6:21 am

Saque do benefício Vale-Gás de R$ 300 será liberado; veja como receber

O programa garante uma ajuda de custo para que os contemplados adquiram um botijão de gás de 13kg

POR NOTÍCIAS CONCURSOS

Última atualização em 01/11/2021 16:34

Caso você ainda não esteja sabendo, o Governo está liberado uma espécie de Vale Gás para as famílias em situação de vulnerabilidade inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). O programa garante uma ajuda de custo para que os contemplados adquiram um botijão de gás de 13kg.

É importante destacar que neste primeiro momento do benefício, o programa vai conceder o valor R$ 300 para as famílias beneficiárias, sendo repassado em três parcelas de R$ 100. Os pagamentos seguem sendo feitos.

Podem receber, famílias com renda per capita mensal de até R$ 178, desde que não receba o Bolsa Família. Além disso, não é necessário se cadastrar no programa, basta verificar se foi contemplado utilizando o Número de Identificação Social (NIS) no site do projeto.

Como ter acesso ao benefício do o Vale Gás?

Os repasses de cada parcela estão sendo realizados via voucher, que podem ser sacados em qualquer caixa eletrônico da rede Banco24Horas ou Banco do Brasil. No entanto, é necessário gerar um protocolo de resgate no site do Programa Bolsa Povo. Saiba como fazer:

  1. Acesse o site do Programa Bolsa Povo;
  2. Vá até a área restrita e acesse o número de protocolo (código individual) e senha;
  3. Para visualizar o protocolo e a senha, informe o código da família referente ao CadÚnico (número diferente do NIS), caso não o possua, basta solicitá-lo junto ao CRAS;
  4. Pronto! O protocolo e senha deverão ser utilizados para sacar o benefício.

Por fim, cabe salientar que o saque deve ser integral, ou seja, a quantia depositada deve ser retirada de uma vez só. Em caso de dúvidas, entre em contato com a Central de Atendimento Bolsa Povo pelo telefone 0800 7979 800 ou Whatsapp (011) 98714-2645.

Vale Gás nacional é aprovado para todo o país

A Câmara Federal aprovou o texto do Vale-gás nacional para a população em situação de vulnerabilidade. Com isso, o texto segue agora para o gabinete do Presidente Jair Bolsonaro. Por lá, o chefe de estado pode sancionar ou vetar a ideia. Não se sabe o que ele poderá fazer.

Esse projeto foi aprovado pela Câmara dos Deputados uma vez. Logo depois ele foi para o Senado e também passou por uma aprovação. Acontece, no entanto, que os senadores fizeram algumas alterações básicas no texto do programa. Dessa forma, o documento teve que voltar para análise dos parlamentares federais.

Com a nova aprovação, o texto vai para a sanção de Bolsonaro. Esse projeto visa atender as pessoas que estão inscritas no Cadúnico e que possuam uma renda per capita mensal de até meio salário mínimo. Isso quer dizer, portanto, que se ele começasse a valer agora atenderia aqueles que possuem renda menor do que R$ 550.

Conforme a regulamentação da medida, terão direito ao vale gás:

  • Famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) com renda familiar mensal per capita inferior ou igual a meio salário mínimo (R$ 550); e
  • Famílias com integrantes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

No que se refere ao pagamento do benefício, os repasses acontecerão de maneira presencial diretamente paras as mulheres chefes de família. No entanto, o Governo Federal pode utilizar a estrutura do Bolsa Família para distribuir o vale gás.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.900 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.