22.3 C
Rio Branco
13 janeiro 2022 8:16 am

Sara Winter: ‘Quando Lula e Dilma eram presidentes, eu podia gritar’

POR UOL

Última atualização em 27/11/2021 15:19

Sara Winter, 29, está decepcionada com o governo do presidente Bolsonaro (sem partido). Conhecida por ter ido do lado mais radical do feminismo à extrema-direita, a ativista diz que nem mesmo a ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves (que, conta, a bloqueou no WhatsApp no ano passado), representa o conservadorismo. E hoje prefere usar a seu favor a mesma energia com a qual antes defendeu o presidente da República:

“Se as pessoas que passam o dia inteiro defendendo Bolsonaro usassem esse mesmo ímpeto para o seu desenvolvimento pessoal, para o desenvolvimento da sua família, para a criação dos seus filhos, nós teríamos um Brasil muito, muito melhor”, afirma, em entrevista exclusiva a Universa.

Vídeo

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!