30.3 C
Rio Branco
24 novembro 2021 4:21 pm

Suposto policial invade residência, espanca e fere agricultor com tiro em Rio Branco

POR ITHAMAR SOUZA, DO CONTILNET

Última atualização em 09/11/2021 16:26

O agricultor Enoque Alves saraiva, 55 anos, teve a própria residência invadida e foi ferido com um tiro e espancado a golpes de cassetete por um suposto policial, na tarde desta segunda-feira (8). O fato aconteceu no km 14 da Rodovia BR-364, no Ramal Belo Jardim 1, Projeto de Assentamento Vista Alegre, na Colônia Fé em Deus, zona rural de Rio Branco.

Segundo informações repassadas pelo filho da vítima à reportagem do site ContilNet, Enoque estava em sua residência quando teve a casa invadida pelo suposto policial, que já entrou e disparou um tiro que pegou de raspão o braço da vítima. Em seguida, a vítima tentou correr, mas começou a apanhar e recebeu diversos golpes de cassetete na cabeça, no corpo e teve uma fratura exposta na mão esquerda. Após a ação, o policial deixou o local e fugiu.

Ainda segundo o filho da vítima, as agressões ao pai dele resultaram inclusive uma cirurgia na mão ainda na noite dessa segunda-feira. A agressão foi motivada por causa de uma discussão entre o Enoque e o vizinho, que é pai do policial agressor. O filho do agricultor falou que as galinhas do vizinho estavam sempre comendo a plantação do seu Enoque e ele foi reclamar novamente com o vizinho, como houve a discussão, o pai do policial ligou para o filho que resolveu invadir a residência e espancar seu Enoque.

Após as agressões, o suposto policial mandou o homem ir embora da colônia e disse se houvesse uma denúncia contra ele na Delegacia, ele voltava e matava Enoque, que além de ter uma idade avançada, também faz uso de medicamentos controlados.

Mesmo ferida, a vítima, que mora sozinha, conseguiu ir até a colônia de outro vizinho e pediu ajuda para ligar para os filhos. Os familiares de Enoque acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que esteve no local e prestou os primeiros socorros ao seu Enoque, que foi encaminhado ao pronto-socorro de Rio Branco em estado de saúde grave.

A Polícia Militar foi acionada e esteve no local, colheu as informações e foi até a residência do vizinho da vítima, que não quis passar o nome do filho para os PMs. O caso foi registrado na Delegacia de Flagrantes (Defla) e o caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Fotos: ContilNet

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!