18.3 C
Rio Branco
18 maio 2022 3:27 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Cabeleireiro é preso após denúncias de ameaças de morte e maus-tratos à filha adolescente

Menina de 14 anos contou sobre a situação à tia. Homem nega

POR G1

Um cabeleireiro de 36 anos foi preso na noite de sábado (11), em Campo Grande, suspeito de fazer ameaças de morte e de maus-tratos à filha adolescente. Foi uma tia da adolescente de 14 anos quem fez a denúncia à polícia.

A mulher denunciou a situação na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), que fica na Casa da Mulher Brasileira, bem pertinho do bairro onde a garota mora com o suspeito , na Vila Palmira, há 3 meses.

Na versão da mulher à polícia, pelo WhatsApp, a adolescente falou que o pai faz ameaças de morte a ela e ainda a trata mal, especialmente quando faz uso de entorpecente.

O homem nega as denúncias e disse apenas que não deixou a filha sair à noite e que já foi agredido pela filha. A mãe dela mora em Miranda, de onde a adolescente teria saído devido a problemas de relacionamento com ela.

O delegado de Polícia Civil que atendeu ao caso arbitrou fiança de R$ 1.192,40 para soltar o cabeleireiro. No entanto, ele não pagou, passou a noite na cadeia e hoje participa da audiência de custódia, onde será definido se ele ficará preso ou se será solto.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.