27.3 C
Rio Branco
10 janeiro 2022 4:20 pm

Concurso Depen convoca candidatos para investigação social

Departamento Penitenciário Nacioanal e Cebraspe convocam candidatos do concurso Depen para a investigação social. Veja detalhes!

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 01/12/2021 11:07

Os candidatos do concurso Depen 2020 já podem conferir o resultado definitivo da avaliação psicológica. Além disso, também já foi divulgada a convocação para a fase de investigação social.

Este chamamento e o resultado foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 1º, e em breve estarão no site do Cebraspe, o organizador .

O resultado definitivo da psicológica foi publicado após análise de recursos contra o preliminar, divulgado na primeira quinzena de novembro.

Quanto à investigação social:

  • Os candidatos deverão enviar das 10h do dia 2 de dezembro até as 18h do dia 6 de dezembro, via upload, por meio de link no site do Cebraspe, uma imagem legível da documentação referente à investigação social descrita no item 12 do Anexo VI do edital de abertura do concurso;
  • O envio da documentação é de responsabilidade exclusiva do candidato;
  • Será eliminado o candidato que não entregar os documentos necessários à investigação social na forma e no prazo estipulados no edital de abertura e neste edital.

Veja a documentação exigida em edital para a investigação social:

► certidão de antecedentes criminais da unidade judiciária com competência na cidade/município onde reside/residiu a partir dos 18 anos de idade:
-> da Justiça Federal;
-> da Justiça Estadual ou do Distrito Federal;
-> da Justiça Militar Federal, inclusive para as candidatas do sexo feminino;
-> da Justiça Militar Estadual ou do Distrito Federal, inclusive para as candidatas do sexo feminino.
► certidão de crimes eleitorais da Justiça Eleitoral;
► certidão de antecedentes criminais expedida pela Polícia Federal;
► certidões de antecedentes criminais, expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública das Unidades Federativas onde reside/residiu a partir dos 18 anos de idade;
► certidão relativa aos assentamentos funcionais, emitida pelo órgão de origem, no caso de servidor ou empregado público, civil ou militar, de qualquer dos poderes dos entes federados;
► certidões de execução cível e fiscal da cidade/município onde reside/residiu nos últimos cinco anos:
-> da Justiça Federal;
-> da Justiça Estadual; ou
-> do Distrito Federal.

Próximos resultados do concurso Depen

De acordo com o edital divulgado pela banca, o resultado provisório da investigação social será publicado na data provável de 22 de dezembro.

Também já há previsão de quando será publicado o edital de convocação para o envio dos documentos necessários à matrícula no curso de formação. A data provável é de 15 de fevereiro de 2022.

O curso de formação

O Curso de Formação Profissional (CFP) é uma etapa classificatório e eliminatória.

Os candidatos até o momento não eliminados na investigação social e aprovados na primeira etapa do concurso dentro do número de vagas serão convocados para o envio dos documentos necessários à matrícula no CFP.

O CFP será aplicado para os cargos de especialista federal em assistência à execução penal e de agente federal de execução penal e realizado em local a ser indicado quando da convocação para essa etapa.

O aluno deverá dedicar-se em tempo integral com frequência obrigatória e dedicação exclusiva.  As atividades do CFP terão a duração definida no edital de convocação para essa etapa e poderão desenvolver-se nos turnos diurno e noturno, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

Durante o curso, o candidato regularmente matriculado receberá o auxílio financeiro referente a 50% da remuneração inicial mensal do cargo/área.

Sobre o concurso Depen

Publicado em 5 de maio de 2020, o edital do concurso do Depen trouxe 309 vagas, nos cargos de nível médio e superior. Destas, são 294 para agente, que tem como requisitos o nível médio completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria B ou superior.

As outras 15 oportunidades são para o cargo de especialista de execução penal. As vagas estão distribuídas por diferentes especialidades de nível superior.

  • 294 para o cargo de agente de execução penal, de nível médio (remuneração inicial de R$6.030,23)
  • 15 para carreira de especialista federal em assistência à execução penal, de nível superior (remuneração inicial de R$5.865,70).
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.