25.3 C
Rio Branco
18 maio 2022 3:26 pm

Autor de tiros em panificadora de Porto Velho diz que foi: ‘acerto de contas’

Crime foi registrado como tentativa de homicídio. Três pessoas, dois homens e uma mulher, foram presos

POR G1 RO

Última atualização em 05/01/2022 18:26

Dois homens e uma mulher foram presos por envolvimento em uma troca de tiros dentro de uma panificado na zona central de Porto Velho. O crime aconteceu na tarde de terça-feira (4).

De acordo com a Polícia Milita (PM), uma viatura fazia ronda perto das avenidas Rio de Janeiro e Campus Sales, no bairro Areal, quando uma pessoa parou os policiais e falou de um tiroteio que acontecia em uma panificadora localizada na avenida Campos Sales com a rua Alexandre Guimarães.

Ao chegaram na panificadora, os policiais viram uma mulher saindo do local com uma pistola na cintura. Ela foi abordada e detida, enquanto outra equipe foi ao interior da panificadora. Lá, um homem apresentava perfurações de arma de fogo.

Para os policiais, a mulher disse que a pistola pertencia ao homem alvejado que estava dentro da panificadora. Ela contou que ele tinha pedido à ela para levar a pistola e esconder no carro dele, um HR-V. A pistola estava com carregador com cinco munições intactas. O delegado revelou que o homem usava uma tornozeleira de monitoramento do sistema prisional.

Testemunhas do tiroteio informaram aos policiais que um outro homem, o autor dos disparos, estava detido na rua Jacy Paraná com a avenida Campos Sales.

No local, populares entregaram à PM uma pistola e dois carregadores, um com 10 munições intactas e o outro outro com três. Eles disseram que a arma pertencia ao detido. O suspeito tinha sido alvejado e estava com perfurações no ombro esquerdo e nas costas.

Ao indagar o suspeito sobre o motivo da autoria do crime, ele disse que se tratava de um acerto de contas. Por conta do ferimento e a quantidade de sangue, a equipe do Samu foi acionada para atender os feridos.

O suspeito do crime foi encaminhado ao Hospital João Paulo II, onde recebeu a voz de prisão. Uma escolta policial foi designada para acompanhá-lo. Já o outro homem, que estava dentro da panificadora, e a mulher, também receberam voz de prisão. Ela foi encaminhada à Central de Flagrantes.

Veja matéria completa em: Autor de tiros em panificadora de Porto Velho diz que foi: ‘acerto de contas’ 

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.907 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.