23.3 C
Rio Branco
26 maio 2022 10:57 pm

Bolsonaro não deve renovar mandato de Weintraub no Banco Mundial, dizem fontes

POR VALOR ECONÔMICO

Última atualização em 18/01/2022 19:39

O presidente Jair Bolsonaro não renovará a indicação do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub no Banco Mundial, disseram fontes do primeiro escalão do governo ao Valor. O mandato expira em outubro deste ano.

Economista, Weintraub foi demitido do ministério em junho de 2020 e em seguida indicado para um mandato tampão no Conselho da Diretoria Executiva do Banco Mundial. Em outubro daquele ano, foi eleito para ocupar por dois anos a cadeira destinada ao Brasil, com um salário de cerca de US$ 230 mil por ano – aproximadamente R$ 1,280 milhão, na cotação atual.

Na estrutura da instituição, o Brasil faz parte de um grupo chamado EDS 15, composto também por Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Suriname e Trinidad e Tobago. Weintraub é o atual diretor-executivo do EDS-15.

Leia mais em Valor Econômico.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.957 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.