18.7 C
Rio Branco
18 maio 2022 7:04 pm

Quem são os ministros “coringas” e “indemissíveis” de Bolsonaro

POR METRÓPOLES

Última atualização em 09/01/2022 09:54

Desde que assumiu a chefia do Palácio do Planalto, em 2019, o presidente Jair Bolsonaro (PL) realizou 30 trocas ministeriais. Desse total, 19 ex-ministros perderam totalmente o vínculo com o primeiro escalão. Outros dois, Onyx Lorenzoni e Luiz Eduardo Ramos, são considerados “coringas” e se destacam no time do chefe do Executivo. Eles já assumiram quatro e três pastas federais, respectivamente, nas recorrentes danças das cadeiras da Esplanada dos Ministérios.

Onyx lidera o ranking de pastas que um mesmo ministro comandou: totaliza quatro passagens pelo primeiro escalão de Bolsonaro. Ele já passou por Casa CivilMinistério da CidadaniaSecretaria-Geral e, atualmente, chefia o Ministério da Previdência e Trabalho.

Ramos tem, no currículo, passagens por três ministérios durante o governo Bolsonaro: Secretaria de Governo, Casa Civil e Secretaria-Geral da Presidência.

Leia mais em Metrópoles.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.908 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.