26.3 C
Rio Branco
26 junho 2022 12:01 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Governo terá dezenas de exonerados e Eleições 2022 podem provocar megarreforma administrativa

O Blog do Ton é assinado pelo jornalista Ton Lindoso, editor-chefe do ContilNet, e traz os bastidores da política acreana, comunicação e sociedade

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

Última atualização em 15/03/2022 11:41

Secretários e demais componentes dos mais altos escalões do Governo do Acre entregaram seus pedidos de desligamento da administração pública. O Governo informa que as exonerações serão efetivadas ainda este mês. A lista de pretensos às eleições neste ano é extensa.

Socorro Neri, Israel Milani, Alysson Bestene, Moisés Diniz, Nelson Sales, James Gomes, Elson Santiago, Tom Sérgio, Coronel Batista, Coronel Ulysses, Jairo Cassiano e Nenê Junqueira são alguns dos que devem disputar cargos eletivos esse ano. A maioria é pedra já cantada por aqui.

Nos bastidores, a informação que corre é a de que a maioria desses – principalmente, os secretários – correm para reuniões com Cameli para que possam indicar pessoas de confiança para suas cadeiras. É reunião para todos os lados. Um dos casos é o de Bestene, que já disse ao blog que Ítalo, seu adjunto, assume interinamente e o substituto em definitivo será conhecido após reuniões – e a benção – de Cameli.

Com a caneta em mãos, Cameli pode promover uma verdadeira reforma administrativa se souber usar as vacâncias. Em ano eleitoral, o respiro pode ser bom, novos empossados sempre chegam cheios de gás e quem ganha é o povo. Do contrário, caso não escolha bem, pode comprometer sua reeleição.

Emblemático

O caso mais emblemático, e discutido em meio a burburinhos nos bastidores, é o de Israel Milani. Será que consegue montar chapa para disputar a Câmara Federal pelo PROS? Em todo caso, se a mãe Vanda Milani não conseguir, um contente Progressistas o espera.

Santiago

Creio eu que a cadeira que Elson Santigo pode pleitear passa ligeiramente pela decisão de Michelle Melo, que é da família. Se Michelle entra na disputa pela Câmara Federal, acredito que Elson vá para estadual. E vice-versa. Ligações em família podem discutir o assunto nesses próximos e decisivos dias.

James Gomes

Outro caso emblemático é o de James Gomes. O ex-prefeito não larga as botas de Mazinho Serafim, um crítico ferrenho de Gladson. Se eu contasse tudo que sei, daria problema, mas tudo deve ser esclarecido em reunião, onde Cameli separará o joio do trigo.

Marcio e Gladson

De ponta a ponta do Acre, passando pela Estrada da Variante, Xapuri e Sena Madureira, o Acre é um verdadeiro canteiro de obras. Marcio Bittar briga de Brasília por recursos e Gladson briga daqui, colocando homens e máquinas nas ruas. Essa dupla gera uma absurda inveja em grande parte dos postulantes majoritários. Um banho de sal grosso vezenquando seria bom.

Senado

A disputa pelo Senado virou um verdadeiro jogo aberto, com muitas possibilidades mas, no Dia da Mulher, o assunto do momento foi a pré-candidata Márcia Bittar: ela saiu dos últimos lugares para o primeiro, tecnicamente empatada com Viana, Rick e Jéssica. Um trabalho impossível de passar despercebido.

Eduardo Velloso

Dia desses, estava com um grupo de pessoas e o nome de Eduardo Velloso foi citado. Ele pode se lançar como pré-candidato à Câmara Federal. “Ele será o nosso senador”, disse uma pessoa que estava no local. Será? Chances existem.

Republicanos

Mais um partido surgiu na lista de legendas procuradas pela deputada federal Mara Rocha: o Republicanos. Já são seis legendas. Na legenda, encabeçada por João Paulo Bittar, a deputada ouviu um sonoro não: “Tudo fechado lá no Acre”.

Fechado

E tá fechado mesmo. O Republicanos tem uma completa chapa para a Câmara Federal, com possibilidades de pleitear duas cadeiras. Roberto Duarte, Nenê Junqueira e Keiliane Cordeiro são alguns dos nomes já declarados. Com algumas surpresas para os próximos dias.

Chapas do PL

Outro partido que não deve decepcionar é o PL. nomes pomposos os que ouvi sendo sondados. Trabalho duro encabeçado pela pré-candidata ao Senado Márcia Bittar.

Chapas do PL²

Acredito que uma pessoa, altamente cotada para a Câmara Federal com nome considerado, nos últimos tempos, em vários sites de notícias, estará nessa chapa. Pode pegar dirigentes desprevenidos.

Chapas do PL³

Uma festa, com a presença de membros do clã Bolsonaro e grande elenco, pode ser marcada para anunciar a filiação de Márcia Bittar. Acredito que isso deve ser bem trabalhado por seu time e pode ser um boom em sua candidatura, já que o presidente é o favorito nas intenções de votos local.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.