20.3 C
Rio Branco
23 maio 2022 5:34 am

Homem que espancou adolescente de 14 anos presta depoimento

Victor de Sales compareceu à delegacia do Gama. Ele foi gravado espancando um adolescente de 14 anos no Núcleo Bandeirante

POR METRÓPOLES

Última atualização em 27/04/2022 17:22

Victor de Sales Batista (foto em destaque), 27 anos, gravado dando diversos chutes em um adolescente de 14 anos, prestou depoimento à Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) na tarde desta quarta-feira (27/4). Ele compareceu à delegacia acompanhado de um dos advogados.

Guilherme Alves, defensor que acompanhava o suspeito, afirmou que Victor não nega os fatos. No depoimento, o suspeito teria informado aos policiais que tem “problemas” com o adolescente há mais de 1 ano. “O menor chegou, inclusive, a ameaçá-lo de morte, que ele ou o irmão o matariam, jogaram ovo na casa do Victor. Inclusive, no dia dos fatos, chegou a jogar um ovo lá dentro, antes do ocorrido”, narrou o advogado.

Ainda segundo Guilherme, Victor informou aos policiais que toma medicação controlada por sofrer de depressão e ansiedade. No dia do espancamento, saiu para caminhar, encontrou o adolescente na rua e se desentendeu com ele. Ele teria dito que está arrependido e que perdeu o emprego em decorrência das agressões.

A polícia apura o caso como ameaça, injúria e lesão corporal, considerados de menor potencial ofensivo. Por isso, Victor não foi obrigado a depor. A defesa da vítima pede à polícia que o caso seja tipificado como tentativa de homicídio por motivo fútil. Atualmente, os policiais tratam a ocorrência como lesão corporal leve.

O suspeito não prestou depoimento na 11ª Delegacia de Polícia (Núcleo Bandeirante), responsável pela investigação. Segundo a defesa, isso ocorreu por razões de segurança, já que Victor teria recebido ameaças. O depoimento foi prestado na 14ª Delegacia de Polícia (Gama).

pessoa no chão tenta se proteger

homem pisa em pessoa no chão

homem chuta pessoa no chão

homem pisa e rosto de garoto

O caso

As agressões aconteceram na Vila Nova Divineia, no Núcleo Bandeirante, e foram reveladas pelo Metrópoles. O caso ganhou repercussão nacional pela brutalidade das imagens.

Nas cenas, gravadas por outro adolescente, Victor chega à quadra de esportes da região, pula o alambrado e surpreende o garoto.

Veja o momento da agressão:

 

“Ele me bateu sem parar. Eu só fiquei tentando me defender e protegi a minha cabeça, que era o mais importante”, acrescentou. O adolescente espancado contou à polícia que, antes da sessão de chutes, o agressor se aproximou e perguntou: “E agora? Você vai correr? Você não disse que não sou seu pai?”.

Em seguida, Victor lhe deu um soco no rosto. O garoto caiu no chão, Victor o xingou de “filho da puta”, “desgraçado” e afirmou: “Na próxima vez, vou é te matar”.

 

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.934 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.