17.3 C
Rio Branco
19 maio 2022 1:13 am

Menina de 1 ano morre após ser picada por escorpião

Lara Vitória Carvalho de Oliveira foi socorrida e recebeu o soro antiescorpiônico, mas não resistiu e morreu na tarde de domingo (17)

POR G1

Última atualização em 19/04/2022 19:21

Uma menina de um ano morreu após ser picada por um escorpião na tarde de domingo (17), no bairro João Crevelaro, em Birigui (SP).

Segundo informações apuradas pela TV TEM, Lara Vitória Carvalho de Oliveira deu entrada no pronto-socorro em estado grave depois de ser picada nas coxas.

De acordo com o avô da criança, ela estava no colo da mãe e começou a chorar imediatamente quando foi colocada no tapete. O irmão dela, de 12 anos, foi quem viu o escorpião na perna dela e matou o animal peçonhento.

A Organização Social de Saúde, responsável pelo PS da cidade, informou que a menina recebeu toda a assistência médica emergencial na pediatria da unidade e chegou a receber o soro antiescorpiônico.

Ela foi encaminhada à Santa Casa de Araçatuba (SP), mas, apesar de todo o esforço da equipe, não foi possível reverter o quadro de saúde da criança.

Casos de escorpiões

Birigui já registrou 272 acidentes com escorpiões e uma morte esse ano.

Após o caso, a prefeitura informou que fará busca ativa e manejo ambiental ao redor do quarteirão onde ocorreu o acidente, orientando os moradores para evitarem o acúmulo de materiais inservíveis que possam facilitar o abrigo e a proliferação de escorpiões e animais peçonhentos.

Em casos de acidentes, a orientação é que a pessoa procure imediatamente uma Unidade Básica de Saúde ou o Pronto Socorro para receber o tratamento o mais rápido possível. Ao encontrar o animal em casa, o morador deve comparecer à Secretaria de Saúde para fazer a notificação.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.908 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.