32.3 C
Rio Branco
2 julho 2022 4:06 pm

Brasil precisa difundir mais informações sobre produtos à base de cannabis medicinal, diz associação

Foram concedidas 40.191 novas autorizações para importação, uma alta de 110% frente a 2020

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 21/05/2022 17:58

Um levantamento feito pela Associação Brasileira da Indústria de Canabinoides (BRCANN) mostra que as vendas de produtos à base de cannabis medicinal de importação mais que dobraram no Brasil no ano passado.

Foram concedidas 40.191 novas autorizações para importação, uma alta de 110% frente a 2020.

Conforme o levantamento, entre 2015 e 2021, foram concedidas 75.203 autorizações. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Distrito Federal somam 72,8% dos pedidos. Juntos, os dez Estados com mais autorizações respondem por 90% do total.

Conforme a entidade, Alagoas é o Estado com a menor média de autorizações do país, com 5,1 pacientes por 100 mil habitantes, seguido por Maranhão (7,3), Ceará (7,4), Pará (7,7) e Acre (7,8). “São territórios onde a informação sobre o potencial terapêutico dos canabinoides ainda é pouco difundida. Isso revela o quanto o setor tem potencial para crescer”, diz em nota o diretor-executivo da BRCANN, Tarso Araujo.

Atualmente, 15 produtos já têm aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para venda em farmácias, mas boa parte só deve chegar às prateleiras a partir do segundo semestre. A oferta ainda limitada tem levado os pacientes a recorrer às importações, indica a associação.

Com informações do site Valor Econômico.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.101 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.