25.3 C
Rio Branco
17 maio 2022 3:07 pm

Ao ContilNet, Alan Rick diz que luta para fortalecer relação entre Gladson e Bittar e revela sonho

O parlamentar disse que sonha em ser governador do Acre, mas esse não é o momento para realizá-lo

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 06/05/2022 17:12

O deputado federal e pré-candidato ao Senado nas Eleições de 2022, Alan Rick Miranda, tem como uma de suas principais lutas a de fortalecer a aliança entre o governador Gladson Cameli (Progressistas) e o senador Marcio Bittar (União Brasil). Foi isso que ele disse em entrevista concedida ao ContilNet nesta sexta-feira (6).

Um possível estresse foi gerado nos últimos dias entre o chefe do executivo acreano e o relator do orçamento. A situação foi alvo de discussões e gerou inúmeras repercussões na imprensa.

“Eu trabalho para que o governador Gladson e o senador Marcio Bittar estejam em paz e continuem com essa parceria incrível que eles têm, lutando por um Acre melhor. Qualquer coisa que venha tentar interromper isso não é legal para os dois e não beneficia ninguém, muito menos a população”, afirmou.

Alan desmentiu os boatos de que seria lançado como pré-candidato ao Governo pelo União Brasil. “Eu continuo sendo pré-candidato ao Senado Federal e estou comprometido a ajudar o Gladson, como afirmei desde o início. Meu projeto segue sendo o mesmo”, acrescentou.

O parlamentar disse que sonha em ser governador do Acre, mas esse não é o momento para realizá-lo.

“Não vou mentir e dizer que não sonho em ser governador do Acre. Sim, eu sonho com isso, mas esse não é o momento. Meu compromisso é com meu mandado, com o projeto de alcançar uma vaga no Senado e com a reeleição do Gladson”, finalizou.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.902 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.