22.3 C
Rio Branco
22 junho 2022 11:45 pm

Auxílio Brasil bloqueado em maio e junho: o que fazer?

Se você encontrou o benefício bloqueado para crédito em sua conta, descubra como resolver o problema

POR DCI

Última atualização em 17/05/2022 15:16

Enquanto a Caixa paga a parcela do auxílio Brasil 2022 de maio e junho, programa substituto do Bolsa Família, tem beneficiário que está sendo pego de surpresa com o bloqueio do benefício. Isso porque o governo, que faz a gestão dos dados do auxílio, está analisando todas as contas de beneficiários para checar quem está recebendo, mesmo sem ter o direito. Auxílio Brasil bloqueado, o que fazer?

Quando o Auxílio Brasil pode ser bloqueado?

O bloqueio do Auxílio Brasil 2022, novo Bolsa Família, pode acontecer por problemas cadastrais do Cadastro Único (CadÚnico), como informações desatualizadas e/ou inconsistentes. A boa notícia é que quem teve o benefício cancelado ou bloqueado pode voltar a receber.

O Ministério da Cidadania orienta os beneficiários a procurarem o Centro Regional de Assistência Social (Cras) mais próximo e corrigir problemas do Cadúnico.

O atendimento vai solicitar documentos como o CPF ou o Título de Eleitor e pelo menos um documento de cada pessoa da família, podendo ser os seguintes: CPF, certidão de nascimento, certidão de casamento, RG, carteira de trabalho ou título. Se a pessoa for indígena, o Registro de Nascimento Indígena (RANI) também vale.

Se os dados já foram atualizados e o Auxílio Brasil continua bloqueado, ou o beneficiário continua recebendo mensagens para correção do cadastro, é aconselhado que o beneficiário procure o setor responsável pelo Auxílio Brasil e Cadastro Único na sua cidade para verificar o que pode estar ocorrendo.

Agora, se na análise o governo identificar que o beneficiário não se enquadra mais nos critérios para recebimento, o auxílio Brasil é bloqueado e depois cancelado.

Depois disso, o beneficiário tem até seis meses para atualizar os dados. Se a família estiver apta, então o benefício é revertido.

Passado o prazo, há a necessidade de a família passar novamente pelo processo de habilitação, seleção e concessão de benefícios.

Atualizar dados do Cadúnico pela internet 

A atualização dos dados do Cadastro Único deve ser feito obrigatoriamente a cada dois anos ou sempre que houver mudanças na família.

O usuário poderá verificar se seus dados cadastrais estão atualizados ou não pelo aplicativo do Cadastro Único ou na versão web através do endereço cadunico.cidadania.gov.br. Para atualização é necessário estar logado no Gov.BR. Dentro do aplicativo ou na versão web é exibida a opção de Atualização Cadastral por Confirmação.

O valor do benefício é variável, de acordo com a situação socioeconômica das famílias informadas no Cadastro Único. Veja quem pode receber os R$ 400 do benefício.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.069 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.