30.3 C
Rio Branco
13 maio 2022 3:46 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Blog do Ton: Dupla candidatura ao Senado no AC é destaque na Folha e ‘brecha eleitoral’ pode mudar o jogo

O Blog do Ton é assinado pelo jornalista Ton Lindoso, editor-chefe do ContilNet, e traz os bastidores da política acreana, comunicação e sociedade

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

Última atualização em 28/04/2022 19:49

Última atualização em 13/05/2022 15:46

Reportagem da Folha traz a informação de que partidos buscam saída jurídica para ‘dupla candidatura’ ao Senado. Citados como exemplos pelo Acre, estão Márcia Bittar (PL) e Alan Rick (UB). A situação se repete em vários estados brasileiros.

Considerada a pré-candidata que mais cresce nas pesquisas, Márcia disputa a preferência, dentro do grupo, com o excelente Alan, que já iniciou sua jornada bem nos levantamentos. Enquanto Márcia tem um poderoso apoio de 12 partidos, Alan está filiado ao superpartido União Brasil e tem o apoio de fortes categorias, como a evangélica, que detém boa fatia dos votos no Acre.

Na reportagem da Folha, duas saídas. Para a reportagem, uma opção seria o lançamento de chapas fora da coligação formal – o que traria no Acre um postulante fora da base do governador. Acontece que o presidente do União Brasil, senador Marcio Bittar, também apoia Márcia. Outro imbróglio.

Mas uma brecha jurídica pode ser a saída para partidos lançarem mais de uma candidatura. “Uma consulta ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) feita pelo deputado federal Delegado Waldir (União Brasil-GO) avalia a possibilidade de partidos lançarem mais de uma candidatura ao Senado na mesma chapa para o governo estadual”.

A decisão pode impactar diretamente a formação de palanques em estados onde mais de um pré-candidato ao Senado apoia o mesmo nome a governador e duela pela vaga na chapa. O caso, sob relatoria do ministro Ricardo Lewandowski, ainda será analisado pela Justiça Eleitoral. Será que teria algum impacto no Acre?

Fake news

Circula na web a informação de que a totalização de votos é feita em sala secreta do TSE. Informação falsa e irresponsável.

Jairo Cassiano

Cotado para uma vaga na Câmara Federal, Jairo Cassiano avisou através da imprensa que não deve disputar nada este ano. Por aquele grupo, quem deve disputar uma cadeira de federal é a minha querida amiga, Mirla Miranda. Alan Rick é pré-candidato ao Senado.

Acrelândia

O município de Acrelândia decidiu criar lei que isentam de taxas de concursos os munícipes que trabalhem nas eleições. Gostei da iniciativa. Que seja replicada.

Manoel Messias

Natural do Acre, o radialista Manoel Messias pode concorrer à uma vaga no legislativo estadual de Rondônia. Vai pelo PDT. Mora em Rondônia desde a década de 80 e, por lá, fez carreira.

CEDIM

O feminicídio tem sido destaque na imprensa acreana. Foram vários casos nesses últimos dias, um mais triste que o outro. Para discutir esse tema, o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim) convocou reunião de portas fechadas para debater soluções para o problema.

CEDIM²

Ali dentro daquele conselho, existem várias mulheres notáveis, que merecem muito respeito. Uma delas, em especial, dedicou anos de sua carreira como advogada e jornalista a defender mulheres. Trata-se de Valdete Souza, conselheira de honra. Ela é cotada para disputar vaga na Câmara Federal.

Valdete Souza

Em conversa com Valdete, ela elogiou o trabalho da presidente do conselho, Geovana Castelo Branco, e lamentou o fato de que as deputadas não destinaram recursos em favor da violência. Citou o caso apenas de senadora Mailza, que fomentou a criação da Casa da Mulher Brasileira através de seus recursos. “Elas não estão nem aí. É por isso que mulher não gosta de votar em mulher. Precisamos nos unir!”

Valdete Souza²

Falando em Valdete, uma coisa que ninguém consegue arrancar da ‘negona’ é se realmente vai para a disputa e por qual partido. Palpites?

Pedido do Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse que vai pedir aos governadores que mantenham congelados os Impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incide sobre os combustíveis, como gasolina, gás de cozinha e etanol.

Pedido do Senado²

Dentre os estados que ganham o pedido do presidente, Acre, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, São Paulo, Sergipe, Tocantins, Rio Grande do Sul e Pernambuco. Esses estados entraram em consenso com secretários de Fazenda dos Estados que integram o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Eládio

O empresário Eládio Cameli nunca incentivou o filho Gladson a se candidatar a nada. Sempre quis o filho ajudando a dirigir as empresas que possui no Amazonas. Nunca foi cabo eleitoral do filho, mas é dos outros?

Brasília

Duas figuras acreanas transitaram esses dias em Brasília quase de mãos dadas. O assunto fervilhou nos bastidores da política acreana.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.