22.7 C
Rio Branco
25 maio 2022 3:34 am

Clínica de estética ‘queridinha’ dos famosos é alvo de operação policial

Entre as clientes da rede estão Jade Picon, Eslovênia Marques e Fernanda Keulla

POR TERRA

Última atualização em 12/05/2022 14:26

Uma das clínicas de estética de Natalia Martins, dona da marca Natalia Beauty, localizada em Pinheiros, região Oeste de São Paulo, foi alvo de operação policial e de agentes da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), na tarde de terça-feira, 10. O motivo da deflagração é investigar se o local fabrica cosméticos sem autorização e comercializa medicamentos sem registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Entre as clientes da rede estão grandes nomes do entretenimento, como Jade Picon (ex-BBB), Fernanda Keulla (ex-BBB), Driely Bennettone (modelo), Cleo (atriz), Giovanna Chagas (influenciadora), Majur (cantora), Yaryley (influenciador), Eslovênia Marques (ex-BBB) e até Gabi Brandt (ex-De Férias com o Ex).

De acordo com a denúncia, a clínica estaria utilizando e comercializando produtos de natureza duvidosa, além de adulterar produtos e rótulos. Dessa forma, a Natalia estaria operando um laboratório cosmético clandestino, adquirindo produtos de outro fornecedor, criando seus próprios  e realizando apenas a troca dos rótulos originais.

Por conta da suposta adulteração, os rótulos não estariam com as devidas informações sobre a composição, com as quantidades dos componentes da fórmula, além de também não disponibilizar informações de uso e precauções com o uso.

Os principais produtos usados e comercializados que estariam fora dos padrões da legalidade são: Hyalu pump: anestésicos (sobrancelha e boca) – armazenados em geladeira sem temperatura controlada e junto com alimentos, além de também ter sido feita troca de etiqueta original para a da marca de Natalia Beauty, adulterando, inclusive, o prazo de validade; Máscaras faciais – Troca da etiqueta original pela da marca de Natalia Beauty; e pijamas comprados na China sem nota fiscal. A denúncia também aponta irregularidades no controle de temperatura para preservar produtos sensíveis, tais como anestésicos.

Ao Terra, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou que a Unidade de Vigilância em Saúde (Uvis) Lapa/Pinheiros foi acionada pela Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor para acompanhar um mandado de busca e apreensão no local.

“Na ação de fiscalização, as autoridades sanitárias adotaram as medidas administrativas cabíveis, em consonância com a Lei Municipal 13725/2004 – Código Sanitário Municipal, tendo em vista tratar-se de comercialização de produtos de interesse à saúde sem a devida regulamentação e sem registro da Anvisa. Foi instaurado processo administrativo sanitário, que segue os trâmites legais, estando o infrator sujeito às penalidades previstas em lei”, afirmou o órgão por meio de nota.

Segundo a secretaria, o estabelecimento de Natalia Martins recebeu uma notificação, mas não chegou a ser interditado. Nas redes sociais, a influenciadora e esteticista não se pronunciou sobre o assunto. Procurada pela reportagem, até a publicação desta matéria, não houve retorno.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.945 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.