22.3 C
Rio Branco
1 julho 2022 9:13 pm

Como montar uma agência de turismo online

Confira como montar uma agência de turismo online em 6 passos

POR ASSESSORIA

Última atualização em 26/05/2022 11:22

Atualmente a maioria dos negócios já estão no digital, e com as agências de turismo não é diferente, muitas pessoas pesquisam diariamente como transformar uma agência física em digital, ou até mesmo como montar uma agência de turismo online.

Pensando nisso, resolvemos separar algumas dicas indispensáveis para quem está querendo saber como montar uma agência de turismo online, importante destacar que o objetivo do texto não é esgotar o assunto e sim dar algumas dicas para quem vai encarar essa empreitada.

Após um longo período de redução do turismo ao redor do globo, a retomada das viagens e a determinação das pessoas em retornar para fazer uma viagem trazem expectativas favoráveis ​​ao mercado turístico. 

À medida que a digitalização se desenvolve e as nações em férias, a demanda por viagens e negócios tende a expandir, abrir uma empresa de turismo é uma oportunidade de promessa de negócios.

Feitas as considerações iniciais, continue a leitura e descubra como montar uma agência de turismo online da forma correta.

Como montar uma agência de turismo online em 6 passos

1 – Formalização 

Formalizar é importante, sabemos que no Brasil é comum pessoas que sem nenhum planejamento iniciam um negócio.

Mas isso pode trazer inúmeros problemas, o CNPJ é o CPF da pessoa jurídica, é o princípio da identidade.

Só para dar um exemplo bem claro, quem abre um CNPJ, pode economizar impostos, inclusive atualmente tem pessoas que abrem empresas só para isso, as chamadas holdings familiar puras.

O objetivo da criação de empresas holdings familiares puras é na maioria das vezes administrar o patrimônio com a finalidade de economizar imposto e planejar a sucessão “post mortem” e consequentemente economizando o imposto sobre transmissão gratuita de patrimônio, o ITCMD.

Agora, ficou claro o quão vantajoso é formalizar? Se essas empresas são criadas sem “ter um negócio / produto / serviço”, por que alguém que tem não formalizaria? A resposta é simples, ou não conhece as vantagens ou vai sonegar.

2 – Licença e INSS

Para que a empresa possa funcionar no estabelecimento escolhido, é necessária a obtenção do Alvará de Certidão e também do Local, que deve ser solicitado à Prefeitura. No Instituto Nacional do Seguro Social, pode inscrever-se para contribuir para o INSS.

Em relação a licença municipal, como o seu negócio irá funcionar de forma digital, é bom dar uma olhada nos municípios vizinhos, alguns são mais burocráticos e desvantajosos em vários sentidos.

3 – Confira se já existe uma agência de viagens com o nome escolhido

Eu diria que essa é uma das dicas que não poderia faltar em um texto sobre como montar uma agência de turismo online. 

Se o nome da marca já estiver estabelecido, faça uma pesquisa para ver se existe uma firma cadastrada com o mesmo nome que o desejado.

É comum acontecer coisas como, abrimos uma empresa em Campinas SP, e não pesquisamos e lá na Ilha das Couves tem uma empresa de turismo com o mesmo nome.

É necessário falar com a Junta Comercial, Cartório – no caso de sociedade simples – e/ou Instituto Nacional de Propriedade Intelectual.

Não tem coisa pior do que abrir uma empresa e deixar essa parte para depois, já imaginou, depois de quase tudo pronto, logo, material de escritório, depois que já estiver registrado o domínio e contratado uma empresa de criação ou revenda de sites para fazer o site, depois disso tudo descobrir que já existe uma empresa com o nome escolhido. 

É, não é para ficar animado com uma descoberta dessas.

4 – Inscrição no Cadastur

Após abrir uma agência de viagens, é necessário registrá-la no Ministério do Turismo. O cadastro é gratuito e também feito praticamente no site da Cadastur. Além das agências de viagens, o registro é obrigatório para outros negócios relacionados.

5- Faça parcerias com outras empresas

Faça colaborações calculadas com empresas que prestam serviços correspondentes aos seus, como motoristas de viagem e seguradoras. Imagine que você apenas vende pacotes para a Ilha das Couves, você pode por exemplo fazer parceria com uma empresa para carregar os passageiros ou com outra empresa que vende leads para captar os clientes. 

Esses parceiros podem ajudar a divulgar sua empresa quando um cliente os procura para cotar preços ou obter soluções. 

Isso garantirá outro tipo de divulgação para sua empresa. Além disso, a venda desses serviços para seus clientes pode gerar compensações.

6 – Atraia e fidelize seus clientes com um bom atendimento ao cliente

Bom, o atendimento ao cliente eu deixei por último, mas nem por isso é a menos importante do texto sobre como montar uma agência de turismo online, atrair clientes é muito importante e fidelizá-los depois com um bom atendimento pós-venda, tomar atitudes como implantar um SAC, de preferência um SAC 0800, uma ouvidoria e uma pesquisa de satisfação é muito importante.

Além do atendimento ao cliente, a seguir, listamos alguns pontos para atrair e fidelizar seus clientes.

Tenha um site rápido e otimizado para converter

Muitas pessoas ao procurar um site, focam em sites bonitos, mas isso é uma besteira enorme, o site ele não precisa ser bonito, ele precisa trazer clientes, para isso ele precisa ter o UX bem trabalhado, precisa ser rápido e passar no Core Web Vitals, e por fim precisa ser clean.

Existem empresas no mercado, que oferecem modelos de sites prontos já com essas características, um exemplo de empresa que fornece criação de sites, mas também oferece revenda de sites com modelos de sites pré pronto e ainda por cima, hospedagem rápida é a BQHOST e a Zyro.

Além do site crie um blog para sua empresa

Além do site, crie um blog para sua empresa, o blog pode ser integrado ao próprio site, que é o mais recomendado, ou pode ser em um local separado, mas tenha um blog.

Os blogs são uma ótima possibilidade para quem quer se destacar na rede. O Google é uma ótima ferramenta de busca para quem busca destinos de viagem, assim como ter um blog pode ajudar a empresa a aparecer nos resultados de busca de turistas. 

Quando seu público procura um local, o material do seu blog pode aparecer entre os resultados. Isso certamente aumentará a presença do seu site. Faça um conteúdo extremamente interessante, bem como completo, quanto mais detalhes, mais valerá a pena, certamente será repassado ao público.

Invista na segmentação do consumidor

A divisão de clientes permite que a empresa se separe dos rivais. Enquanto muitas empresas atendem a diversas contas de clientes, você pode se concentrar em um determinado público, como famílias, casais, mulheres, turistas de aventura, para citar alguns.

O benefício de trabalhar de forma fracionada é que você reconhece muito melhor os requisitos e as necessidades do seu público. 

Analisar a conta do público e ampliar o entendimento em diversas localidades do negócio é a chave para quem deseja crescer. Por isso, você deve estar sempre informado sobre o mercado, as modas do mercado e seu consumidor.

Programas de fidelidade são muito importantes

Ter um programa para garantir a fidelidade pode ser um estímulo para o consumidor fazer mais viagens. Existem inúmeras versões de programas, mas os pontos são os mais usuais. 

Nesse modelo, você pode definir um padrão, como para cada plano fechado o cliente ganha uma determinada variedade de pontos ou para cada R $1,00 investido em pacotes de viagem o cliente ganha 1 ponto. Após uma quantidade total de pontos alcançados, o consumidor ganha uma viagem para um local totalmente novo.

Bom, a essa altura do texto você tem uma boa noção de como montar uma agência de turismo online, mas não pare aqui, continue estudando o assunto para não errar na ora de abrir o seu negócio.

 

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.099 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.