Concurso Ibama: 500 aprovados podem tomar posse a partir de julho

Para aumentar a fiscalização, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis deve receber, no segundo semestre, mais de 500 aprovados no concurso Ibama.

O prazo foi passado pelo diretor de Proteção Ambiental do Ibama, Samuel Vieira de Souza, ao programa A Voz do Brasil:

“Tivemos um concurso que foi realizado agora e, no segundo semestre, temos a previsão de recebermos um contingente de mais de 500 novos servidores. Tivemos uma perda do nosso efetivo, da nossa força de trabalho, ao longo dos anos”.

De acordo com o diretor, atualmente, o órgão dispõe de 619 agentes ambientais federais portariados. Esse quantitativo, em 2018, passava dos mil.

“Então 619 é um número pequeno para combater toda a infração ambiental e os crimes que afetam o meio ambiente em todo o país. Mas temos o reforço desse novo contingente que queremos preparar e queremos que, em breve, eles estejam prontos para estar na linha de frente no combate ao crime ambiental”, concluiu Samuel Vieira de Souza.

Confira a entrevista na íntegra com o diretor do Ibama: 

video
play-sharp-fill

Folha Dirigida entrou em contato com o órgão para verificar um prazo mais exato para a convocação dos aprovados. Porém, até a última atualização deste conteúdo, nenhum posicionamento foi enviado.

O resultado final do concurso Ibama está previsto para ser divulgado no dia 7 de junho. Depois disso, pode ocorrer a homologação do processo seletivo iniciando o prazo de validade de dois anos, inicialmente.

No decorrer de toda validade, o Ibama poderá convocar os aprovados para suprir a necessidade de novos servidores.

concurso para ingresso no Ibama foi aberto em 2021. Ao todo, foram disponibilizadas 568 vagas imediatas, sendo 432 são para técnico ambiental, cargo que exige o ensino médio completo.

Nesse caso, as chances estão distribuídas por todos os estados brasileiros e o Distrito Federal. O salário inicial dos técnicos é R$4.063,34, valor que já inclui o auxílio-alimentação de R$458 e a gratificação de desempenho de R$1.382,40.

As outras oportunidades são para os seguintes cargos de nível superior: analista ambiental (96 chances) e analista administrativo (40). Em ambos os casos, o requisito é ter graduação em qualquer área.

As remunerações são de R$8.547,64, já com o auxílio-alimentação e gratificação de desempenho. A lotação dos analistas será apenas no Distrito Federal.

Leia também: Concurso Ibama: falta de pessoal amplia risco de prescrição de multas

Concurso Ibama foi composto por provas objetivas e discursivas

Os candidatos do concurso para o Ibama foram avaliados por provas objetivas e discursivas, aplicadas no dia 30 de janeiro.

Na parte objetiva, foram cobrados 120 itens (no estilo Certo/Errado), sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos. Já na prova discursiva foi necessário elaborar um texto dissertativo de até 30 linhas.

Veja os conteúdos que foram cobrados para cada carreira:

Técnico ambiental:

Conhecimentos Básicos:

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Legislação geral e do setor de Meio Ambiente;
  • Ética no serviço público;
  • Matemática.

Conhecimentos Específicos: 

  • Noções de Administração Pública;
  • Noções de Administração Financeira e Orçamentária;
  • Noções de Gestão de Pessoas nas organizações;
  • Legislação e Normas ambientais;
  • Meio Ambiente;
  • Educação ambiental.

Analista administrativo:

Conhecimentos Básicos:

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Tecnologia da Informação;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Legislação do setor de Meio Ambiente;
  • Noções de Direito Ambiental;
  • Noções de Regulação;
  • Ética no Serviço Público.

Conhecimentos Específicos: 

  • Administração Geral;
  • Administração Pública;
  • Administração orçamentária, financeira e orçamento público;
  • Contabilidade pública;
  • Gestão de pessoas;
  • Matemática financeira.

Analista ambiental:

Conhecimentos Básicos:

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Tecnologia da Informação;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Legislação do setor de Meio Ambiente;
  • Noções de Direito Ambiental;
  • Noções de Regulação;
  • Ética no Serviço Público.

Conhecimentos Específicos:

  • Varia de acordo com o tema escolhido no ato da inscrição.

Foi classificado na objetiva quem conseguiu o mínimo de dez pontos em Conhecimentos Básicos, 21 em Conhecimentos Específicos e 36 no conjunto das provas.

O Ibama também realiza processo seletivo com mais de mil vagas temporárias para atuação no Prevfogo (Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais) e em suas coordenações estaduais como brigadistas e outras funções. Confira os detalhes aqui!

O  diretor de Proteção Ambiental do Ibama, Samuel Vieira de Souza, explicou que esses brigadistas “são contratados no local, treinados no local e estão ali prontos para efetuar o primeiro combate aos incêndios florestais dentro daquela área, ou seja, é a primeira linha de frente”.

PUBLICIDADE