29.3 C
Rio Branco
10 maio 2022 10:00 am

Em show do Metallica, fã sofre grave ferimento no olho provocado por faísca de fogos de artifício

Ricardo Miranda Daniel foi ao sul do país para assistir uma sequência de shows de rock. O que ele não esperava é que as 'férias' seriam interrompidas de forma brusca. A organizadora do evento não foi encontrada

POR G1

Última atualização em 10/05/2022 07:57

O músico sul-mato-grossense Ricardo Miranda Daniel, de 34 anos, teve um dos olhos feridos de forma grave no fim do show do Mettalica, que ocorreu em Porto Alegre, na última quinta-feira (5). Em conversa com o g1, a vítima disse que quando o show se encerrou, vários fogos de artifícios foram acionados e na hora, Ricardo olhou para cima e, uma faísca caiu dentro do olho dele, o que provocou o ferimento.

CLIQUE AQUI para ver o vídeo.

No vídeo acima, Ricardo compartilhou alguns momentos durante o show e o trágico fim da apresentação. Assista ao vídeo acima.

“Durante a apresentação houveram várias queimas de fogos e pirotecnias! Mas no final, a maior de todas, foi enorme, e quando ergui a cabeça para ver senti algo cair no meu olho e começou a arder! Daí em diante não consegui abrir os olhos mais, pedi socorro ao bombeiro que estava em frente, o mesmo não deu a devida importância, e pediu pra eu pular a grade para que eu fosse atendido, mesmo”, relembrou o músico.

Assim que a faísca caiu no olho, Ricardo diz que os olhos que começou a sentir uma ardência extrema no olho atingido. “Senti queimando na hora e desorientação momentânea. Minha sorte, é que eu estava na grade do show. E me apoiei nela”.

Com o olho ardendo muito, Ricardo se agarrou a grade e pediu ajuda inúmeras vezes aos bombeiros. O músico fala que os socorristas deram água mineral e pediram para que ele lavasse os olhos. “Não adiantou nada”.

“Depois de insistir, eles me levaram ao atendimento médico do local do show, onde eles pingaram colírio e nada adiantou novamente, fui orientado pelos médicos que eu deveria ir ao pronto socorro de Porto Alegre, e que eu poderia pegar um Uber para ir. Meu olho estava cortado internamente, descobri mais tarde, mediante a avaliação de um profissional, isso já em um pronto socorro de Porto Alegre”.

Antes de ter o diagnóstico final, Ricardo diz ter ficado cerca de 4 horas esperando pelo resgate, já que não era da cidade e precisava de ajuda para chegar ao pronto-socorro.

Depois de vária tentativas, Ricardo conseguiu realizar contato com a empresa organizadora do evento. O músico disse que entrará com uma ação contra os realizadores do evento e que a advogada dele já cuida dos trâmites junto à organizadora do show.

Após o susto, Ricardo continuou a viagem de férias com a namorada pelo sul do Brasil. “Estou bem. O susto passou! Mas poderia ter acontecido algo muito sério. Penso que isso pode acontecer com outra pessoa! E a organização do evento tem que refazer seus parâmetros de Segurança, testes e garantir que o evento seja realmente seguro”.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.835 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.