22.3 C
Rio Branco
12 maio 2022 9:43 am

FIEAC discute especulação mineral no Vale do Juruá com apoio de Alan Rick

Problema foi tratado em videoconferência com o diretor da Agência Nacional de Mineração (ANM), Guilherme Santana

POR ASCOM

Última atualização em 12/05/2022 09:43

A preocupação de empresários do setor de extração mineral e de outros segmentos industriais do Acre com a especulação mineral que vem sendo feita por uma cooperativa do Mato Grosso, na região do Vale do Juruá, sobretudo em Cruzeiro do Sul, foi tema de uma videoconferência intermediada pelo deputado federal Alan Rick, com a Agência Nacional de Mineração (ANM) e a Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC).  O encontro foi realizado na última terça-feira, 10 de maio.

Em Brasília (DF), o parlamentar esteve com o diretor da ANM, Guilherme Santana, chamando a atenção para o problema. Ambos participaram de uma reunião virtual que contou com a participação do presidente da FIEAC, José Adriano; do presidente do Sindicato da Indústria de Extração de Areia, Argila e Laterita do Estado do Acre (Sindmineral), João Paulo Pereira; da coordenadora institucional da FIEAC em Cruzeiro do Sul, Janaina Terças, e de outros empresários do Juruá.

Segundo o presidente do Sindmineral, a especulação do projeto de garimpo deve inviabilizar o funcionamento de diversos outros empreendimentos considerados relevantes para o desenvolvimento da região, uma vez que abrange áreas de grande interesse social, turística e ambiental. “Nunca houve indícios ou estudos científicos que detectassem a existência de minérios como o ouro no Vale do Juruá. Portanto, não há cabimento para esse projeto. É preciso pôr fim a essa especulação, que prejudica não só os setores industriais, mas também o meio ambiente e a população daquela região”, destacou João Paulo.

Deputado Alan Rick intermediou a videoconferência, que teve a presença da coordenadora da FIEAC no Juruá, Janaina Terças, e outros empresários. Foto: Cedida

O posicionamento do empresário foi reforçado pelo deputado Alan Rick, que garantiu empenho em defesa da indústria local e da população acreana. Já o diretor da ANM, Guilherme Santana, comprometeu-se a buscar solução para a situação. “Não podemos permitir que a nossa legislação, que é um pouco ultrapassada, seja utilizada para permitir especulação e impedir a produção. Vamos buscar uma saída para resolver essa questão”, ressaltou.

Os representantes da FIEAC e do setor de extração mineral agradeceram o empenho do deputado Alan Rick em defesa dos interesses da indústria e da sociedade acreana. “Somos muito gratos ao deputado, que sempre se mostrou sensível às pautas mais relevantes do setor produtivo acreano. Estamos confiantes de que esse problema será solucionado o quanto antes”, salientou Janaina Terças.

Presidentes da FIEAC, José Adriano, e do Sindmineral, João Paulo Pereira, em videoconferência com a ANM. Foto: Cedida

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.857 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.