30.3 C
Rio Branco
23 maio 2022 5:38 pm

Grupo que fez família de pastor como refém é condenado a mais de 40 anos de prisão

O crime aconteceu no dia 11 de agosto de 2021, quando os quatro homens invadiram a chácara das vítimas, na Estrada do Quixadá

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 14/05/2022 14:37

Os quatro homens que fizeram um pastor, a esposa e o filho de 11 anos de reféns durante um assalto foram condenados a 41 anos, 1 mês e 10 dias de regime fechado, quando somadas as penas. A decisão foi do juiz da Vara de Delitos de Roubo e Extorsão da Comarca de Rio Branco, Gustavo Sirena.

O crime aconteceu no dia 11 de agosto de 2021, quando os quatro homens invadiram a chácara das vítimas, na Estrada do Quixadá, por volta das 21h, que armados, fizeram a família de refém.

Durante a ação, os três foram amarrados e trancados no banheiro da residência. Enquanto dois dos homens ficaram com as vítimas, os outros dois seguiram com a caminhonete da família com destino à Bolívia, mas o veículo foi interceptado na BR-217, por policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Após a prisão, outra equipe seguiu para a chácara e libertou as vítimas, quando os outros dois integrantes do grupo foram presos.

Nove meses após o crime, todos os acusados foram condenados. Na mesma decisão foi negado aos réus o direito de recorrer em liberdade.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.934 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.