20.3 C
Rio Branco
26 junho 2022 11:42 pm

Morre Maria Lucimar Pereira Kaxinawá, indígena do Acre que tinha 131 anos

Os documentos de Maria Lucimar destacam que a matriarca nasceu em 1890

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 23/05/2022 14:56

Morreu no último sábado (21) a líder indígena Maria Lucimar Pereira Kaxinawá, de 131 anos, integrante da Aldeia Boca do Grota, no seringal Curralinho, no interior do Acre.

A informação foi dada pela neta da idosa, Ninawa Huni Kui, em seu perfil nas redes sociais.

A causa da morte não foi divulgada.

RELEMBRE: Indígena acreana de 126 anos pode ser considerada a mulher mais idosa do mundo

“Maria Lucimar Pereira é uma mulher Huni kui supercentenária brasileira. Seu nome original indígena é Parã Banu Bake Huni Kui, por causa do preconceito, ela teve que registrar-se com um nome aceitável perante o cartório brasileiro. Ela vive no oeste da Amazônia brasileira, estado do Acre, e pertence a mais antiga matriarca de todos os territórios do povo Huni kui no Brasil”, escreveu Ninawa.

“É a uma anciã da linhagem da minha família, a última prima irmã do meu grande mestre e formador da minha vida, o meu avô Txaná Ixã Duá Bakê, que veio de uma linhagem de grande chefes hereditárias do meu povo antes da colonização”, finalizou.

Os documentos de Maria Lucimar destacam que a matriarca nasceu em 1890.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.087 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.