23.3 C
Rio Branco
28 junho 2022 9:35 pm

Plácido de Castro no Acre teve sua primeira acomodação reservada pelo Airbnb durante a pandemia

POR ASCOM

Última atualização em 18/05/2022 13:30

As pessoas estão viajando de forma diferente e os viajantes estão dispostos a descobrir locais inexplorados, fora das rotas convencionais do turismo tradicional. Durante o período da pandemia da COVID-19, o Airbnb verificou essa mudança no comportamento dos turistas e a tendência de descentralização do turismo vem se consolidando com a volta das viagens.

Destinos que, antes, não faziam parte das rotas tradicionais e que oferecem isolamento e contato com a natureza se destacaram no volume de buscas realizadas na Plataforma. No Brasil, diante da impossibilidade de viajar para o exterior, muitos brasileiros redescobriram o país. Um levantamento realizado pelo Airbnb identificou mais de 100 cidades brasileiras, entre elas, Plácido de Castro no Acre, que tiveram sua primeira acomodação reservada pela Plataforma durante a pandemia. Em 2022, as viagens domésticas seguem fortes e representam mais da metade das noites reservadas no primeiro trimestre para estadias de junho a agosto.

A descentralização possibilita novos tipos de acomodação em destinos locais, divulgando opções autênticas oferecidas por anfitriões no Airbnb, permitindo uma maior conexão com as comunidades locais. Além disso, essa diversificação é estratégica para o desenvolvimento do turismo no Brasil e tem grande impacto na geração de renda em municípios que estavam fora da rota convencional dos viajantes.

Anunciadas na última semana, as novas maneiras de buscar acomodações no Airbnb capturaram essa atual forma de planejar viagens e incentivam ainda mais a descoberta de milhões de acomodações únicas, distribuídas em 100.000 cidades ao redor do mundo.

As 56 Categorias Airbnb, que organizam as acomodações com base no estilo de viagem e experiência que o hóspede gostaria de desfrutar, podem levar o viajante a localidades que ele jamais imaginaria visitar. Ao querer vivenciar o morar em uma casa na árvore, por exemplo, o Airbnb pode sugerir uma viagem para a badalada Ilhabela, no litoral de São Paulo, ou para Santa Cruz Cabrália, uma cidade de pouco mais de 25 mil habitantes no interior da Bahia.

Confira abaixo todas as Categorias Airbnb:

Categoria Número de Acomodações
Categorias de estilo
Casas triangulares 4.500
Piscinas incríveis 1.000.000
Vistas incríveis 27.000
Celeiros 14.000
Cama e café 20.000
Barcos 9.500
Cabanas 240.000
Trailers/motorhomes 12.500
Castelos 2.600
Grutas 750
Cozinha profissional 7.500
Contêineres 2.200
Espaços criativos 900
Design diferenciado 27.000
Casas de cúpula 3.000
Casas de terra 4.000
Fazendas 150.000
Piano de cauda 2.800
Prédios históricos 4.000
Casas-barco 2.000
Luxo 3.800
Mansões 1.500
Uau! 700
Sem energia pública 2.300
Casas compartilhadas 650.000
Microcasas 60.000
Torres 200
Casas na árvore 2.500
Moinhos 190
Iurtas 3.800
Categorias de localização
Ártico 6.500
Praia 900.000
Em frente à praia 450.000
Casas particulares 7.500
No interior 200.000
Casas cicládicas 11.000
Dammusos 280
Desertos 2.100
Cidades famosas 490.000
Ilhas 1.200
Kezhans 19.000
Lago 160.000
Na beira do lago 90.000
Minsus 1.000
Parques nacionais 750.000
Riads 900
Ryokans 1.200
Cabanas de pastor 1.100
Tropical 500.000
Trulli 1.900
Vinhedos 120.000
Categorias de atividades
Acampamentos 32.000
Golfe 150.000
Esqui 400.000
Na pista de esqui 40.000
Surfe 240.000

 

Sobre o Airbnb

O Airbnb nasceu em 2007, quando dois anfitriões receberam três hóspedes em sua casa em São Francisco. Hoje, conta com 4 milhões de anfitriões, que já receberam mais de 1 bilhão de hóspedes em quase todos os países. Todos os dias, os anfitriões oferecem acomodações e experiências únicas, que possibilitam aos hóspedes vivenciar o mundo de uma forma mais autêntica e conectada.

 

 

 

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.087 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.