24 C
Rio Branco
27 maio 2022 8:31 pm

RBtrans diz que faixas em azul têm caráter didático e escolha está amparada em lei

O assunto ganhou repercussão nas redes sociais depois que as imagens começaram a circular

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 04/05/2022 17:18

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Rio Branco (RBTrans) se manifestou publicamente nesta quarta-feira (4) a respeito da decisão da prefeitura da capital de pintar de azul e branco as faixas de pedestres das ruas do centro da cidade.

O assunto ganhou repercussão nas redes sociais depois que as imagens começaram a circular. O órgão explicou a escolha sobre as cores tem caráter totalmente didático.

“A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTRANS) vem a público informar a população do Município de Rio Branco que a sinalização horizontal – faixa de travessia de pedestres – implantada nos cruzamentos da região central dessa cidade, nas cores azul e branca, tem caráter totalmente didático a fim de chamar a atenção, trazendo maior visibilidade, aos transeuntes e condutores para a necessidade de respeito a faixa de pedestres e assim, garantir a segurança de todos àqueles que compõem a trânsito”, diz um trecho.

“No que tange ao caráter legal, a matéria é regida pelo Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito, Resolução CONTRAN 236 de 11 de maio de 2007 e art. 85 do Código de Trânsito Brasileiro, e, nas referidas normas, resta evidente as diretrizes necessárias para implementação de faixas de travessia de pedestres e nenhuma aponta a impossibilidade do destaque em azul efetuado por esta Superintendência”, finaliza.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.958 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.