22.3 C
Rio Branco
13 maio 2022 2:11 am

Saque calamidade do FGTS é liberado para novo grupo; Valor de até R$ 6.200

Beneficiários precisam ter saldo disponível no fundo para sacar. Caixa libera opções de resgate presencial ou totalmente digital

POR EDITAL CONCURSOS BRASIL

Última atualização em 10/05/2022 15:17

Um novo grupo de brasileiros já pode sacar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade. Moradores do município de Nova Iguaçu (RJ) afetados pelas chuvas de abril têm direito ao resgate do dinheiro do fundo, com limite de até R$ 6,2 mil.

Aproximadamente 5,3 mil pessoas ficaram desalojadas após as fortes chuvas de abril que inundaram o Rio Bota, que corta cidades como Belford Roxo e Nova Iguaçu. O resultado dos temporais foram bairros inteiros alagados. Muitos cidadãos perderam tudo o que tinha para as enchentes.

Especialistas classificaram o evento com origem em mudanças climáticas. Dados mostram que, em apenas quatro horas, choveu em Nova Iguaçu mais que o dobro do volume de água esperado para o mês de abril inteiro. O índice pluviométrico ficou em 166mm.

Quem pode fazer o saque FGTS por calamidade?

Essa modalidade de saque está habilitada para o trabalhador titular de conta vinculada ao FGTS que reside nas áreas afetadas pelas chuvas em Nova Iguaçu. Para isso, o cidadão deve ter saldo no fundo. O limite das retiradas é de até R$ 6,2 mil.

Aquele que optar pelo saque presencial deve se dirigir até uma agência da Caixa Econômica Federal munido com o comprovante de endereço em nome próprio (emitido 120 dias do decreto de situação de emergência), além de documento de identificação, como RG e carteira de habilitação.

Aqueles com problemas na titularidade do comprovante de residência devem procurar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) ou Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) para fazer o cadastro e ter acesso ao saque calamidade do FGTS.

Como fazer o saque digital do FGTS?

No caso de quem prefere os meios digitais, o passo a passo para movimentar o dinheiro do fundo é o seguinte:

  • Baixe o aplicativo FGTS e insira as informações de cadastro;
  • Feito isso, vá na opção “Meus saques” e, depois, selecione “Outras situações de saque – Calamidade pública”. Informe a cidade;
  • Envie os seguintes documentos na plataforma: foto de documento de identidade e comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade;
  • Escolha a opção para creditar o valor em conta Caixa, incluindo a Poupança Digital Caixa Tem. Também é possível informar outro banco e enviar a solicitação;
  • Por fim, basta aguardar o prazo para retorno da análise e o eventual crédito em conta. Em caso de aprovação do saque, os recursos são liberados em até cinco dias úteis.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.860 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.