20.3 C
Rio Branco
29 junho 2022 2:26 am

Suspeito de abuso sexual a crianças em espaço recreativo presenteava vítimas com balas e refrigerantes

Três crianças disseram às autoridades que sofreram abusos sexuais por parte do suspeito, entre elas o filho da proprietária do local

POR G1

Última atualização em 26/05/2022 17:33

Um homem, de 58 anos, foi indiciado por abuso sexual contra três crianças, em Campo Grande, na terça-feira (24). As vítimas frequentavam um espaço recreativo, onde os abusos ocorriam. O caso foi denunciado pela mãe de uma das crianças, no início deste mês.

Conforme a Polícia Civil, crianças de 5 e 6 anos de idade sofreram os abusos. De acordo com uma das vítimas, a violência começou em março. O espaço ficava em uma residência, onde a proprietária cuidava de duas crianças, além de dois filhos dela, de 5 e 12 anos. As vítimas foram as crianças cuidadas e o filho de 5 anos da proprietária.

“Nós acreditamos que ela [proprietária] não tinha conhecimento dos fatos. Ela não é indiciada, nem investigada. Ela prestou depoimento”, afirma ao g1 a delegada da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), Fernanda Mendes.

Conforme a polícia, o suspeito mora próximo ao local e frequentava o espaço recreativo, pois no ambiente também funcionava um salão de beleza unissex. Ainda de acordo com as autoridades, há uma conveniência ao lado do salão, onde o homem consumia bebida alcoólica enquanto observava as crianças.

Em depoimento, o homem confessou que manipulava as partes íntimas das crianças e que as presenteava com balas e refrigerantes. O inquérito policial foi concluído e encaminhado ao Poder Judiciário.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.087 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.