21.3 C
Rio Branco
27 maio 2022 10:38 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Vídeo mostra mulher agredindo a própria mãe de 89 anos

Filho da vítima gravou o momento da agressão; Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso de Corumbá investiga o caso

POR G1

Uma mulher, de 57 anos, foi flagrada neste domingo (1º) agredindo a própria mãe, de 89 anos, em Corumbá (MS) – a 426 quilômetros de Campo Grande. (Veja o vídeo acima).

CLIQUE AQUI para ver o vídeo.

De acordo com o boletim de ocorrência, foi recebida uma denúncia de agressão contra uma idosa. O denunciante foi até a delegacia com as filmagens, e se identificou como filho da vítima e irmão da agressora.

Nas imagens, que circularam rapidamente nas redes sociais, é possível identificar que a idosa aparece sentada em uma cadeira dentro de casa. Momentos depois, a filha surge e dá vários tapas na cabeça da própria mãe.

Viu como você está tratando a sua mãe? Você tá agredindo a sua mãe!”, lamentou o filho da vítima. A mulher responde: “Ela tem que olhar o remédio, para de conversa fiada”.

Diante dos fatos, a mulher foi intimada para prestar depoimento e alegou que cuida da mãe e está exausta pela função desempenhada. A suspeita e a testemunha foram ouvidas, foi assinado termo de compromisso, e liberadas.

Ao g1, o titular da Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso (Daiji) de Corumbá, Willian Rodrigues de Oliveira, esclareceu que a mulher alegou que não se lembrava do ocorrido e que sofre de bipolaridade.

“A suspeita a princípio disse que não se lembrava das agressões e que sofre de bipolaridade. O caso será investigado e a idosa está sob cuidados de outros filhos”, informou o delegado.

A reportagem apurou que em 2020 foi registrada uma ocorrência contra a mesma idosa e o caso está sendo investigado pelo Ministério Público.

A ocorrência foi registrada como expor a perigo a integridade e a saúde física ou psíquica de idoso e será investigado pela Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso de Corumbá.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.