18.3 C
Rio Branco
14 junho 2022 9:01 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Após Levi de ‘Pantanal’ ser devorado por piranhas, pesquisador relaciona ataques com clima

Professor da Unesp explica que as piranhas desempenham um papel importante na natureza, se alimentando de restos de animais e, muito raramente, atacando seres vivos

POR G1

Além de sucuris, onças-pintadas, tuiuiú e marruás, as piranhas fazem parte do bioma pantaneiro. No capítulo desta segunda-feira (13) do remake da novela “Pantanal” na Globo, o personagem Levi (Leandro Lima) foi baleado e devorado por piranhas. Ao g1, o professor e pesquisador da Unesp Vidal Haddad Junior explica que o ataque é raro, mas pode acontecer.

Vidal, que trabalha há 30 anos com ataques animais aquáticos a seres humanos no Pantanal de Mato Grosso do Sul, diz que nunca viu um acidente fatal causado por piranhas na região.

Segundo ele, os ataques somente ocorrem em determinados casos, quando, por exemplo, na época da seca quando o nível da água é baixo e a concentração de piranhas é maior. O pesquisador reitera que, com a comida escassa, os peixes ficam incomodados com a colocação dos ovos enterrados no leito do rio.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.