28.3 C
Rio Branco
26 junho 2022 5:38 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Após matar ex-esposa, homem tenta suicídio, mas é preso em MS

De acordo com a polícia, ele chegou a ligar para um colega após cometer o crime

POR G1 MS

Edmilson Veríssimo dos Reis, 34 anos, foi preso no final da tarde desta quarta-feira (22). Ele é apontado pela Polícia Civil como o principal suspeito de matar a ex-esposa, Grazielly Karine Soares Alves de Lima, de 28 anos, em Corumbá (MS), a 420 km de Campo Grande. A vítima foi encontrada na madrugada desta quarta, com diversas perfurações pelo corpo e parte do cabelo cortado.

Edmilson estava desaparecido desde o crime. De acordo com uma testemunha, o homem teria ligado para um de seus funcionários e dito ter feito uma besteira e matado a própria esposa. Ainda conforme a testemunha, o suspeito chegou a passar o endereço do local do crime.

A Polícia Civil confirmou a prisão de Edmilson e, segundo as autoridades, o homem tentou cometer suicídio antes de ser preso. Por conta disso, ele foi encaminhado para uma unidade de saúde da cidade.

Grazielly Karine Soares Alves de Lima, de 28 anos, foi encontrada morta na madrugada desta quarta-feira (22) com diversas perfurações pelo corpo e parte do cabelo cortado — Foto: Redes sociais/Reprodução

Entenda o caso

 

O corpo de Grazielly foi encontrado na madrugada desta quarta-feira (22). Na casa da vítima, a polícia encontrou marcas de sangue já na entrada. Conforme a perícia, ela foi encontrada sem vida, sentada em um sofá na sala, com várias perfurações nos braços, tronco, cabeça e perna e partes do cabelo cortadas espalhadas pelo chão.

Ainda conforme a perícia, o cômodo estava com garrafas de cerveja quebradas, objetos como celular e documento da vítima cortados ao meio e sangue no chão e nas paredes. A arma do crime não foi encontrada.

Familiares relataram à polícia que o suspeito estava separado há três meses da vítima e seria uma pessoa bastante agressiva e ciumenta. De acordo com a polícia, o suspeito fugiu em uma moto de luxo.

O homem possui passagens por violência doméstica, registrado em março de 2022, além de lesão corporal contra a vítima.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.