23.3 C
Rio Branco
28 junho 2022 8:56 pm

Áudios de diretor do Hospital de Tarauacá vazam e servidores se revoltam: “Truculento e perseguidor”

Os áudios do diretor são direcionado a um radialista, e neles Francisco afirma que pode tirar qualquer funcionário do hospital

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 22/06/2022 14:56

Áudios enviados à imprensa pelo gerente-geral do Hospital Dr Sansão Gomes, em Tarauacá, Francisco Assis Souza de Araujo Sampaio, revoltou os funcionários da unidade de saúde e a população. Os servidores afirma que o gestor “incita a população contra os funcionários”.

O ContilNet conversou com uma servidora, que preferiu não se identificar por medo de retaliação. “Ele é truculento e perseguidor, todos os funcionários que são provisórios, trabalham sob ameaça de demissão o tempo inteiro”, disse.

Os áudios do diretor são direcionado a um radialista, e neles Francisco afirma que pode tirar qualquer funcionário do hospital. “Hoje no hospital o clima é tenso, todo mundo com medo dele”, disse.

Segundo a funcionária, os áudios foram enviados como resposta à reclamação de uma mãe que teria buscado o hospital com o filho, que machucou o pé no raio de uma bicicleta, e como a situação não era grave, ele passou pela classificação de risco e não foi identificada urgência no atendimento, o que fez com que o tempo de espera fosse mais longo e, no meio da espera, a mãe decidiu ir embora antes de ser atendida.

“A verdade é que eles só não foram atendidos porque foram embora, mas a atitude do gestor em tentar colocar a população contra os servidores é inaceitável, mas não é a primeira vez que esse tipo de coisa acontece, é o discurso de sempre dele, de falar que pode colocar e tirar quem ele quiser do hospital”.
Confira os áudios: 

 

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.087 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.