32.3 C
Rio Branco
4 julho 2022 4:01 pm

Caminhar ajuda a evitar dor nos joelhos

Caminhar ajuda a evitar dor nos joelhos

POR GLOBO ESPORTE

Última atualização em 17/06/2022 10:42

Um estudo publicado recentemente em uma revista científica trouxe achados que podem ajudar quem sofre com dor no joelho decorrente da osteoartrite do joelho, conhecida também como artrose. Isso porque o quadro tem como principal sintoma as dores na articulação, que costumam aumentar com o tempo.

E a pesquisa identificou que praticantes de caminhadas tendem a sentir menos dores “novas” se comparados com aqueles que não costumam caminhar. Ou seja, caminhar ajuda a prevenir dores nos joelhos. Para nos ajudar a entender por que a prática da caminhada pode ajudar quem apresenta o quadro e qual o efeito protetor do exercício físico sobre a artrose, o EU Atleta conversou com o médico ortopedista David Gusmão e o médico reumatologista Ricardo Fuller. Veja mais a seguir!

O que diz o estudo

O estudo publicado na revista científica norte-americana Arthritis & Rheumatology buscou associar a prática da caminhada com a diminuição da progressão da dor causada pela artrose no joelho em indivíduos que apresentam o quadro. A pesquisa analisou as respostas de 1.212 participantes com 50 anos ou mais (diagnosticados com artrose do joelho) relacionadas à duração e frequência que faziam caminhada durante o período de quatro anos.

O resultado do estudo mostrou que novas dores frequentes e o estreitamento de parte da articulação do joelho foram menos comuns em praticantes de caminhada se comparado ao grupo que não costumava fazer a atividade. Vale destacar, porém, que o estudo não realizou a contagens de passos dos participantes. Os dados foram levantados a partir de perguntas relacionadas ao hábito da caminhada.

A pesquisa não informou a distância média diária percorrida pelos voluntários. Porém, o reumatologista Ricardo Fuller e o ortopedista David Gusmão dão três orientações básicas sobre o assunto:

  1. No geral, caminhadas de 30 a 60 minutos pelo menos três vezes por semana são satisfatórias;
  2. Para alguns pacientes, recomenda-se que se evite aclives e declives, bem como escadas;
  3. Deve-se ressaltar ainda a recomendação do de sempre realizar qualquer atividade sob orientação de um profissional.

Artrose do joelho: o que é, causas, consequências e sintomas

O menisco, que trabalha no amortecimento do joelho, é um exemplo de cartilagem  — Foto: Istock Getty Images

O menisco, que trabalha no amortecimento do joelho, é um exemplo de cartilagem — Foto: Istock Getty Images

Antes de entender a importância da caminhada na artrose, é importante saber como a doença aparece e se desenvolve. A artrose do joelho é uma doença crônica caracterizada pela degeneração ou desgaste da articulação do joelho causada pela incapacidade da cartilagem suportar as cargas impostas pelo uso. Segundo Ricardo, a condição pode decorrer de uma cartilagem mais frágil, que se deteriora mesmo sob o uso com atividades normais do dia-a-dia, ou pode ser causada pela sobrecarga em função do uso exagerado, mesmo em uma articulação com cartilagem normal.

  • O principal sintoma da doença é dor, principalmente relacionada ao movimento. De acordo com Fuller, é muito comum dor ao levantar-se após um período sentado, ao subir e descer rampas e escadas, ao agachar-se e levantar-se, e em alguns casos, até dor ao caminhar. Frequentemente existem dores relacionadas aos tendões e músculos que ficam sobrecarregados devido ao processo articular;
  • Pode haver ruídos e rangidos ao se realizar movimentos;
  • Inchaço articular.

De acordo com o ortopedista David Gusmão, os sintomas de artrite podem surgir em qualquer pessoa, independentemente da idade, no entanto, é mais frequente de ser notado em pessoas acima do peso e com mais de 40 anos.

— Eu sei que para muitos pacientes a caminhada pode ter se tornado uma atividade dolorosa. Especialmente porque o quadril e joelho, os mais afetados pela artrose, são articulações que sustentam o nosso peso e são mais exigidas na caminhada. A pessoa manca, de forma instintiva – automaticamente. Sem perceber ela vai dando o passo mais curto do lado dolorido para tentar poupar aquele lado do corpo. Com isso, ela manca e sobrecarrega todo o outro lado do corpo. Essa compensação de jogar o peso para o outro lado vai prejudicando a coluna, o quadril e o joelho do lado oposto. Quando a pessoa vai percebendo essas dificuldades ela vai caminhando cada vez menos – comenta o ortopedista.

quanto menos caminhar e menos usar a articulação, mais fraca e mais difícil vai ficar a caminhada.

– É como se a pessoa entrasse em um ciclo vicioso: dor – diminuição do movimento – fraqueza – diminuição da lubrificação da cartilagem – mais dor – e assim se repetindo e piorando cada vez mais. Esse ciclo vicioso precisa ser parado para não prejudicar ainda mais o corpo do paciente que apresenta o quadro — explica o médico.

Tratamento para artrose do joelho

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.121 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.