30.3 C
Rio Branco
29 junho 2022 5:37 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Homem mata colega a facadas para não dividir garrafa de cachaça

Crime aconteceu no meio da rua em Guajará-Mirim. Vítima foi identificada como Vadilson Flores

POR G1

A Polícia Civil abriu um inquérito contra um suspeito de 51 anos que foi preso por matar um homem para não dividir a cachaça de uma garrafa, em Guajará-Mirim (RO), fronteira com a Bolívia.

A vítima foi identificada como Vadilson Flores, de 38 anos. Ele foi esfaqueado no peito depois de passar o dia bebendo em um bar com um colega, com quem acabou se desentendendo por causa de uma garrafa de bebida alcoólica.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma testemunha teria presenciado a discussão entre os dois. Essa pessoa confirmou à polícia que o suspeito teria esfaqueado Vadilson porque ele não queria deixar ele beber da garrafa dele.

O crime aconteceu no bairro Santa Luzia, no meio da rua na quarta-feira (1°), e vítima morreu no local. O suspeito foi identificado como Francisco e acabou preso quando tentava se esconder em um quintal de um terreno baldio em Guajará-Mirim.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.