22.3 C
Rio Branco
23 junho 2022 12:23 am

Homem que queimou corpo da ex-companheira e incendiou a casa da vítima é preso em Rio Branco

POR ITHAMAR SOUZA, DO CONTILNET

Última atualização em 23/06/2022 00:23

Walquimar da Silva Lopes, 35 anos, foi preso na noite desta quarta-feira (22), na Rua 15, bairro Glória, na região da Baixada da Sobral em Rio Branco. Ele é acusado de manter a ex-companheira em cárcere privado por 4 dias, queimar o corpo dela e a casa da mulher, na Estrada da Floresta, na Travessa das Flores, no bairro Floresta Sul, em Rio Branco.

Segundo informações de policiais civis da Delegacia da Mulher, Walquimar já havia sido preso recentemente por descumprir uma medida protetiva contra a ex-mulher, identificada como Ticiane. Após ser solto, ele manteve a vítima em cárcere privado desde o dia 3 de maio. Já no dia 7, vizinhos escutaram uma discussão e barulhos dentro da casa da mulher, mas não foram ao local ver o que estava acontecendo.

Por volta das 17h do mesmo dia, o ex-marido da vítima jogou acetona nela e ateou fogo na mulher. A vítima teve as mãos e os braços queimados. Ela conseguiu fugir da casa e foi a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Sobral.

Ao ver a fuga da mulher, o ex-marido então ateou fogo na casa e fugiu do local. A casa, que era construída em madeira, e os bens que haviam dentro, foram totalmente destruídos pelo fogo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a casa já estava totalmente consumida pelas chamas. O restante do fogo foi apagado para que não atingisse as residências próximas. A Polícia Militar foi acionada e isolou a área para os trabalhos de perícia.

Após receber atendimento, a mulher foi à Delegacia de Flagrantes (Defla) na Cidade do Povo, registrar boletim de ocorrência. Ela pediu proteção da polícia, pois foi ameaçada de morte.

A delegada Karla Fabíola, da Delegacia da Mulher, recebeu a vítima e pediu a prisão preventiva do agressor, que foi expedido pelo juiz, mas Walquimar estava foragido e foi encontrado na noite desta quarta-feira (21), na casa da mãe dele, recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia da Mulher e depois foi apresentado na Delegacia de Flagrantes (Defla), para serem tomadas as medidas cabíveis.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.069 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.