28.3 C
Rio Branco
26 junho 2022 5:43 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Passageira sofre tentativa de estupro em corrida por aplicativo e pede socorro a marido; ouça

Durante o trajeto, a mulher ficou com o marido em ligação por telefone, que possui sistema de gravação, e que captou todo o desespero da vítima que havia chegado em Campo Grande

POR G1 MS

Uma mulher de 28 anos vítima de tentativa de estupro pediu socorro ao marido por ligação telefônica. Os segundos de desespero foram gravados pelo companheiro que estava ao telefone com a vítima. A mulher chegou a pular do carro em movimento para fugir do agressor que é motorista por aplicativo. Ouça o áudio aqui.

O crime aconteceu por volta da 1h40 da madrugada, dessa segunda-feira (6), quando a vítima chegou à rodoviária de Campo Grande, vindo de Ponta Porã. Assim que chegou, a mulher solicitou uma corrida de aplicativo para retornar para casa.

Desde que entrou no carro por aplicativa, a mulher manteve ligação telefônica com o marido, que a acompanhava o trajeto após compartilhamento de localização e gravava toda a conversa por um aplicativo de gravação instalado no celular.

Em um determinado momento da corrida, a vítima diz ao esposo que o motorista por aplicativo iria parar para abastecer o carro. Após alguns segundos de silêncio, a mulher começa a gritar e pedir por socorro.

No outro lado da linha telefônica, o marido da vítima se desespera e começa a pedir para que a mulher descesse do carro. Enquanto dentro do veículo, a mulher era atacada pelo motorista.

 

Entenda o caso

 

A vítima procurou a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) ainda na segunda-feira. Em depoimento, a vítima relatou que o motorista, de 36 anos, encerrou a corrida durante o trajeto e quando chegou próximo aos arredores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), ele teria entrado em ruas escuras.

Conforme o relato da vítima, o condutor desviou da rota, parou o veículo e atacou a passageira, que pulou do carro em movimento e pediu socorro a populares que chamaram a polícia. A vítima deixou todos os pertences para trás e o motorista fugiu sem prestar ajuda.

Na manhã de segunda-feira, policiais localizaram a bolsa com joias, dinheiro e cartão bancário na Vila Carlota. Com base em depoimentos e imagens, que foram cedidas pela administração do Terminal Rodoviário, a polícia localizou dois endereços do suspeito nos bairros Buriti e Aero Rancho.

Segundo a polícia, o suspeito já fez outras três vítimas em Campo Grande.

 

Motorista nega

 

Em diligências, o motorista foi identificado, na madrugada desta terça-feira (7), e encaminhado para Deam, onde prestou depoimento e foi liberado, pois, segundo a delegada de plantão, não houve flagrante.

O suspeito negou o crime e alegou que a vítima tinha se assustado com o desvio da rota. O caso foi registrado como estupro na forma tentada na Deam.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.