20.3 C
Rio Branco
26 junho 2022 10:56 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Sibá Machado pode ser o escolhido do PT para vaga de vice de Jenilson Leite 

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Clareou 

Se até pouco tempo atrás o deputado estadual e pré-candidato ao Governo, Jenilson Leite (PSB), não sabia se poderia contar com o apoio do PT nas eleições desse ano, as coisas já começaram a clarear. Jorge Viana (PT) já fala como pré-candidato ao Senado e o próprio PT já dá como certa a dobradinha entre Jorge e Jenilson na disputa majoritária.

Vice 

Com o PT na jogada, deve ficar com o partido a vaga de vice na chapa de Jenilson. Já se ventilou nomes como o do ex-prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim, e do deputado estadual Jonas Limas para ocupar a vaga. O nome da vez é o do ex-deputado federal Sibá Machado.

Nem nega, nem confirma 

O nome de Sibá já é dado como certo na vaga de vice por alguns setores do PT. Procurei o ex-deputado, que nem negou e nem confirmou a possibilidade. A sugestão de Sibá foi procurar o presidente do partido, o professor Manoel Lima para tratar sobre o assunto. “Ele poderá esclarecer”, disse à coluna. Procurado, o presidente do PT não respondeu até o fechamento da coluna.

Aceite 

Caso Sibá seja mesmo o indicado do PT para a vaga de vice, cabe ao PSB de Jenilson aceitar ou interferir nessa escolha.  O que um não quer, dois não fazem.

Segmentos

Sibá tem presença forte em alguns segmentos que Jenilson tem pouca entrada, como na UFAC e no setor de produção. Quando foi senador e também quando foi deputado, Sibá fez muito pela UFAC e pela produção científica no Acre. Foi articulação do petista a vinda para o estado, pela primeira vez na história, da reunião anual da SBPC. Reunião que rende frutos para a universidade até hoje. O ex-deputado também tem presença forte no setor produtivo. Destinou emendas enquanto deputado e se aproximou ainda mais do segmento quando foi secretário de Estado de Desenvolvimento Florestal da Indústria, do comercio e dos Serviços Sustentáveis, no segundo governo Tião Viana (PT).

Alto Acre 

Pré-candidato a deputado estadual, o economista e engenheiro agrônomo Idésio Franke é a principal aposta do PT no Alto Acre. Militante do Partido dos Trabalhadores desde 1984, foi diretor nacional de Ciência e Tecnologia do SINPAF (Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário), Superintendente Regional do Incra no Acre (2013-2014) e Presidente da Emater Acre entre os anos de 2015-2016. Além disso, Idésio é mestre e doutor em desenvolvimento sustentável. Testado nas urnas, o petista foi suplente de deputado federal em 2014.

Linfangioleiomiomatose 

A pedido do deputado federal Alan Rick (UB), o Congresso Nacional ficará iluminado de rosa até o dia 13 deste mês em referência ao Mês Mundial de Conscientização da Linfangioleiomiomatose. A doença é caracterizada por cistos nos pulmões, sistemas linfáticos e rins, que afeta, na sua maioria, mulheres em idade fértil. Um dos destaques da campanha neste ano é a decisão do SUS de regulamentar o uso do medicamento ‘sirolimo’ para o tratamento de alguns casos de Linfangioleiomiomatose.

Mãezona 

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), usou as redes sociais hoje para sair em defesa da senadora Mailza Gomes (PP). Bocalom postou um vídeo da senadora discursando no plenário do Senado e das falas de outros senadores em apoio à Mailza. “Senadora Mailza, a nossa Mãezona, no plenário do Senado Federal. Atuante e competente, focada nessa missão que é servir bem nossa população”, escreveu.

Ponta pé 

Os partidos que compõem a Federação Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV) no Acre realizaram a primeira reunião da agremiação na última quarta-feira (8). No encontro, foram debatidas as estratégias políticas que o grupo adotará no processo eleitoral deste ano, como alianças, candidaturas e convenções, além de definir um calendário de reuniões do grupo.

PSB 

Mesmo fora da federação, o PSB também foi pauta da reunião. O encontro definiu que a federação vai iniciar diálogo com o PSB com o intuito de definir a chapa majoritária e procurar outros partidos que tenham compromisso com as candidaturas de Lula e Alckmin para a presidência da República. Participaram da reunião o presidente regional do PT, Manoel Lima, o presidente do PCdoB, Eduardo Farias, a presidente do PV, Shirlei Torres, os deputados estaduais Daniel Zen e Edvaldo Magalhães, e ainda os ex-secretários Cláudio Ezequiel, Carioca Nepomuceno, Márcio Batista, André Kamai, entre outras lideranças.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.