18.3 C
Rio Branco
2 julho 2022 2:56 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Suspeito de esfaquear motorista de app alega que ‘ouviu vozes’ antes do crime

O homem se apresentou à polícia nesta segunda-feira (6) e foi liberado após ser ouvido

POR G1

O jovem, de 24 anos, que se apresentou à Polícia Civil nesta segunda-feira (6), confessando que golpeou a motorista de aplicativo Audineth Aguiar, 44 anos, alegou que “ouviu vozes” antes de cometer o crime. Ela foi esfaqueada 15 vezes durante uma corrida em maio deste ano. Após a agressão, a vítima gravou pedido de socorro e enviou a amigas. Escute o áudio acima.

CLIQUE AQUI par ver o vídeo.

Após o depoimento, o suspeito foi liberado pela polícia. Conforme o delegado titular da Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos (Defurv), Roberto Guimarães, um novo pedido de prisão já foi solicitado. O suspeito também tem mais de cinco ocorrências registradas anteriormente por importunação sexual contra mulheres, segundo a polícia.

Conforme o homem, Audineth foi a primeira vítima dele. Anteriormente, o crime estava sendo investigado como tentativa de latrocínio. Porém, como o suspeito confessou que não tinha o interesse de roubar a vítima, o caso passará a ser tratado como tentativa de homicídio.

Até que outro pedido de prisão seja concedido, o homem será monitorado pela polícia.

Mesmo ferida e assustada, Audineth conseguiu dirigir por alguns metros e acionou o socorro por meio de um sistema de gravação utilizado por motoristas de aplicativo. Pela gravação é possível identificar os momentos de desespero.

“Eu tô cortada, eu tô morrendo. Me furou toda de faca. Olha aí, olha onde eu tô. Moço, me socorre, eu fui assaltada, ele me furou toda de faca. Sou Uber [a vítima usou como sinônimo de motorista de app] e tô toda furada, me ajuda a chegar até o posto”, diz a motorista na gravação.

Pesadelo constante

Ainda com ferimentos e pontos em diversas partes do corpo, a vítima tenta esquecer os momentos de terror que viveu ao ser atacada. Veja o vídeo acima.

Relembre o caso

De acordo com o registro policial, a motorista teria pegado um passageiro na Rua Internacional, no Jardim São Conrado, com destino à Avenida Filinto Muller. Quando a vítima estava chegando próximo ao destino, o autor teria pegado uma faca e começou a desferir vários golpes na vítima.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.