22.3 C
Rio Branco
1 julho 2022 10:08 pm

WSL: Medina vence e vai encarar Jadson nas quartas em G-Land

Tricampeão mundial supera Kolohe Andino, enquanto Jadson elimina o vice-líder John John Florence. Primeiro do ranking, Filipe Toledo tira Rio Waida do caminho

POR GE

Última atualização em 03/06/2022 11:09

Gabriel Medina segue imbatível no seu retorno à Liga Mundial de Surfe (WSL). Na madrugada desta sexta-feira, o tricampeão mundial derrotou o americano Kolohe Andino para se classificar para as quartas de final da etapa de G-Land.

O seu adversário na próxima fase será o potiguar Jadson André, que eliminou ninguém menos do que John John Florence. Já o líder da temporada, Filipe Toledo, foi o terceiro brasileiro a também avançar na Indonésia, enquanto Italo Ferreira e os irmãos Miguel e Samuel Pupo foram eliminados nas oitavas.

A etapa de G-Land tem transmissão ao vivo no sportv3, ge e globoplay .

Na primeira bateria das oitavas, que aconteceram no formado simultâneo, Jadson André superou o bicampeão mundial e vice-líder da temporada, John John Florence, por 9,53 a 9,37, com uma virada na última onda. Na bateria seguinte, Medina eliminou o americano Kolohe Andino por 14,67 a 10,67 e agora será o adversário de Jadson nas quartas.

Dou outro lado da chave, Filipe Toledo manteve as chances de uma final brasileira acontecer em G-Land ao superar o indonésio Rio Waida. Ele agora medirá forças com o americano Griffin Colapinto.

Já Italo Ferreira e os irmãos Samuel e Miguel Pupo foram eliminados, respectivamente, pelo australiano Connor O´Leary, o japonês Kanoa Igarashi e o americano Griffin Colapinto.

Veja os confrontos das quartas

1- Jadson André (BRA) x Gabriel Medina (BRA)
2- Jack Robinson (AUS) x Kanoa Igarashi (JAP)
3- Filipe Toledo (BRA) x Griffin Colapinto (EUA)
4- Matthew McGillivray (AFS) x Connor O´Leary (AUS)

Medina venceu seu segundo confronto em G-Land — Foto: Matt Dunbar/WSL
Medina venceu seu segundo confronto em G-Land — Foto: Matt Dunbar/WSL

Medina domina

Para quem esperou 8 meses para voltar a competir, Medina mostrou que os 6 dias de espera para a retomada da competição masculina em G-Land não tiraram o seu foco em buscar vitórias e ainda ter a chance de se classificar para a WSL Finals. Gabriel conseguiu a melhor apresentação desta sexta-feira para superar Kolohe.

O tricampeão mundial combinou um repertório de manobras de borda e aéreos na bancada de Money Trees para conseguir um 7,50 e um 7,17 e somar 14,67 para superar o americano Kolohe Andino.

– A bateria foi superlenta, mas eu tentei ficar ativo. E, no final, eu consegui achar duas boas ondas. Sorte que eu tive a ajuda do jetski e voltei a tempo de estar no lugar certo para pegar a outra onda. Me sinto bem de ter avançado. Agora é uma bateria contra o Jadson, um grande amigo meu. Estou empolgado para essa bateria – disse Medina.

Jadson André avança às quartas em G-Land — Foto: Ed Sloane/WSL
Jadson André avança às quartas em G-Land — Foto: Ed Sloane/WSL

Jadson vira no fim

Se Gabriel teve certa tranquilidade para vencer seu confronto, o seu adversário na próxima fase passou por momentos de tensão. Precisando de um 4,53 para virar, Jadson André perdia para o bicampeão mundial John John Florence até os instantes finais da bateria, quando pegou duas ondas em sequência e acertou dois belos aéreos.

No primeiro, a nota veio um pouco abaixo do que ele precisava: 4,40. Mas, no segundo, ele tirou um 4,70 e venceu por apenas 16 centésimos: 9,53 a 9,37.

Filipe Toledo vence nas oitavas em G-Land — Foto: Matt Dunbar/WSL
Filipe Toledo vence nas oitavas em G-Land — Foto: Matt Dunbar/WSL

Filipinho faz o serviço

O líder da temporada também comandou sua bateria. Sempre à frente, Filipe Toledo não deu chances ao convidado local Rio Waida na quinta batalha das oitavas. O brasileiro conseguiu o total de 11,23 (5,33 e 5,90 como melhores ondas) e eliminou o indonésio, que chegou a 8,57 (4,67 e 3,90) e acabou frustrando a torcida local.

Garantido nas quartas, Filipinho ressaltou o resultado, lembrando que sempre é imprevisível um duelo com um surfista convidado, que entra na disputa sem tanta pressão e como um autêntico franco atirador.

O campeão olímpico Italo Ferreira foi o último brasileiro a entrar em ação, na manhã desta sexta. O potiguar duelou com o australiano Connor O´Leary, mas acabou derrotado por 9,93 x 7,90 e ficou fora das quartas de final.

Filipinho defende a liderança do ranking em G-Land — Foto: Ed Sloane/WSL
Filipinho defende a liderança do ranking em G-Land — Foto: Ed Sloane/WSL

Confira os resultados das oitavas:

1- John John Florence (HAV) 9,37 x 9,53 Jadson André (BRA)
2- Gabriel Medina (BRA) 14,67 x 10,67 Kolohe Andino (EUA)
3- Jack Robinson (AUS) 11,17 x 2,23 Jake Marshall (EUA)
4- Kanoa Igarashi (JAP) 12,67 x 8,17 Samuel Pupo (BRA)
5- Filipe Toledo (BRA) 11,23 x 8,57 Rio Waida (IND)
6- Miguel Pupo (BRA) 13,67 x 14,17 Griffin Colapinto (EUA)
7- Ethan Ewing (AUS) 8,87 x 12,50 Matthew McGillivray (AFS)
8- Italo Ferreira (BRA) 7,90 x 9,93 Connor O´Leary (AUS)

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.099 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.