33.3 C
Rio Branco
9 agosto 2022 2:01 pm

Filha e neta de Chico Mendes pedem investigação de vandalismo contra estátua do seringueiro

A família atribui o ato à políticas de destruição da Amazônia e explica

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 04/07/2022 11:25

Após o ato de vandalismo que culminou na derrubada da estátua de Chico Mendes, instalada no Centro de Rio Branco, a filha e a neta do líder seringueiro, Ângela e Angélica Mendes, além de outros familiares e militantes da causa ambiental, realizaram um ato na Praça Povos da Floresta, na noite deste domingo (3).

A família atribui o ato à políticas de destruição da Amazônia e explica: “Tentaram derrubar Chico mais uma vez, mas suas raízes são fortes e profundas! As tentativas de apagar a história de luta e legado deixados por Chico Mendes fazem parte de um projeto de destruição da nossa Amazônia. Ele lutou pela floresta em pé e nós seguimos aqui lutando por ele.  Ele deixou sementes”.


A filha de Chico, pediu que o poder público investigue o que ocorreu. “Espero que o poder público investigue e tome as providências contra essa depredação não só ao patrimônio público, mas histórico e cultural de nosso País, estamos falando da imagem simbólica do Patrono do Meio Ambiente Brasileiro. Não tomar nenhuma medida confirma a disposição do atual governo de continuar agindo para o apagamento do símbolo maior do Estado do Acre. Em mim dói ver o tratamento que esse governo dispensa à todo legado e à trajetória de meu pai”.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.