18.3 C
Rio Branco
12 agosto 2022 2:00 am

Internauta denuncia abandono e furto de luminárias do Memorial às Vitimas da Covid no Into

POR TIÃO MAIA, PARA O CONTILNET

Última atualização em 24/07/2022 16:16

O internauta Fredson Camago denunciou em suas redes sociais, na tarde deste sábado (23), a deterioração do monumento construído a mando do governador Gladson Cameli, nas imediações do Into (Instituto de Traumatologia), na Estrada Dias Martins, no bairro do Distrito Industrial, em homenagem às vitimas do Covid.

No auge da pandemia, o Into, uma unidade de saúde destinada a cuidar de traumas ósseos, foi transformado num dos hospitais de campanha com os quais o Governo do Estado enfrentou a pandemia do coronavírus.

O monumento de homenagem às vítimas da doença, que deveria ser também um ponto ecumênico de oração principalmente para os familiares dos mortos que não puderam ser velados pelo risco de contaminação, constava o nome e a data da morte de todos os que não conseguiram sobreviver. Menos de um ano depois de construído, o Monumento vive em situação de abandono, mal iluminado e com todas as peças, inclusive as placas com os nomes das vítimas retiradas do local. As peças teriam sido furtadas por usuários de drogas, o que causou a indignação e a reclamação do internauta nas redes sociais.

“Senhor governador Gladson Cameli; ontem fui ao Into e vi o Memorial das Vítimas da Covid 19, deteriorado, sem as Placas com os nomes, sem iluminação, tudo pichado, pessoas tomando tereré naquele lugar. Peça pra pessoa responsável por aquele lugar sagrado para os acreanos, fazer uma manutenção e ter o mesmo olhar que o Sr teve no combate a pandemia, meu amigo”, disse Fredson Camargo.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.